Histórias da cidade

Histórias da cidade

por Cedê Silva | 10/08/2012 13:30

Odin
Líderes no ranking da Madonna
A turnê MDNA da cantora Madonna, que desembarcará no Brasil em dezembro, não passará por BH. Os mineiros, porém, não ficaram ofendidos e se apressaram para garantir ingressos de apresentações no Rio de Janeiro, São Paulo ou Porto Alegre. Segundo levantamento da empresa responsável pela venda, a Tickets For Fun, entre os “fãs forasteiros” — aqueles que serão obrigados a viajar para ver a diva loira —, os de Minas lideram o ranking. Das 149 000 entradas, 18 000 foram compradas por aqui. “Não perco por nada nesta vida”, diz a professora Débora Richards (à dir. na foto), que irá ao Rio com as amigas Adriana Cláudio e Eliza Sacheto. Depois de ficar sabendo que Madonna mostrou o seio na Turquia e exibiu o bumbum em Roma, o trio está ansioso para saber o que ela aprontará.




Odin
Tênis sobre rodas
Entre quarta (15) e domingo (19), a capital sediará um campeonato mundial de tênis paralímpico, o BH Wheelchair Tennis Open, na academia Aeserv, na Pampulha. Cadeirantes como o atleta Adair Salvador (abaixo), divididos em quatro categorias — masculina, feminina, juniores e duplas mistas —, disputarão prêmios de 2 500 dólares. A programação completa está no site www.tenisparatodos.com.br.




Divulgação
Procura-se
Os quatro criminosos abaixo estão na nova lista dos doze mais procurados de Minas Gerais. Trata-se da terceira fase da campanha da Secretaria Estadual de Defesa Social. Embora não se ofereça recompensa pelas informações repassadas, a ação tem dado resultado. Já foram presos nos últimos dez meses 31 bandidos.




Arquivo fotográfico do CPDOC/JB/Divulgação

Memória

A cantora mineira Clara Nunes (1943-1983) deixou a cidade natal, Paraopeba, aos 15 anos, depois que seu irmão mais velho matou um homem que dizia ter intimidades com ela. Veio morar com uma tia no Renascença, e foi aqui que viu sua carreira deslanchar. Descoberta no coral da igreja do bairro, acabou indo para a Rádio Inconfidência, onde ficou famosa. Antes de mudar-se para o Rio, foi crooner em boates do Centro e frequentava casas de shows no Edifício Maletta. Primeira cantora brasileira a vender mais de 100 000 cópias de um disco (Alvorecer, de 1974), ela foi biografada em Clara Nunes — Guerreira da Utopia, de Vagner Fernandes, que será lançado neste domingo (12), no Sesc Palladium, às 19h. Rico em fotos da artista (como esta, na Rádio Jornal do Brasil, de 1973), o livro terá, no evento, preço especial: 5 reais.



Comentários
[an error occurred while processing this directive]
BUSCAR