Bares

Bairro Esplanada abriga o Baobar, que funciona no consulado do Senegal em BH

Bem decorado, espaço oferece petiscos típicos do país africano

Por: Rafael Rocha - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪✫✫✫ | AMBIENTE ✪✪✪✪✫ | COZINHA ✪✪✫✫✫

Odin
(Foto: Redação VejaBH)

Salão amplo e bem decorado: nele, pode-se degustar a porção de pastéis senegaleses (R$ 12,00)

Mesmo sendo um bairro residencial, o Esplanada abriga alguns bares que valem a visita. O descolado Barracão Butiquim e o tradicional Silvio's Bar são alguns deles. Em abril, a região ganhou mais um representante de peso com a abertura do Baobar. No comando está o senegalês Ibrahima Gaye, cônsul honorário do Senegal. Há catorze anos em BH, ele conseguiu montar no espaço de 600 metros quadrados (no qual funciona também o consulado) um boteco muito bem decorado. Há bancos fabricados com troncos de árvores, cobertura de palha, chão colorido, mesas com postais e ravenalas (árvores similares à bananeira) plantadas no entorno. Como o imóvel é bastante amplo, tem recebido shows que permitem ao público dançar à vontade. Na hora de provar os petiscos, a avaliação não foi tão positiva. O que mais agradou foi o fataya, uma porção de pastéis senegaleses feitos com massa de farinha de mandioca. Vêm recheados de peixe, carne ou legumes (R$ 12,00, oito unidades). Cai bem ao lado de uma cervejinha gelada, como a Skol (R$ 6,00 a garrafa de 600 mililitros).

Além de tira-gostos, são servidos espetinhos e pratos. Caso do yassa, feito com frango ao molho de cebola e mostarda de Dijon (R$ 12,00). O maffe reúne carne de boi ao molho de amendoim e legumes (R$ 14,00). Ambos foram acompanhados de alface e de uma porção de arroz, que não veio soltinho, como deveria. A apresentação é pouco atrativa e o sabor, corriqueiro. Drinques aparecem em vinte variações: o marelo é feito com rum, mexerica, limão e manjericão (R$ 10,00). O gentleman leva uísque, licor de café, pimenta e hortelã (R$ 12,00). Ambos estavam com ingredientes fora de proporção.

Baobar Gastronomia & Arte Africana. Rua 28 de Setembro, 476, Esplanada, ☎ 3653-4244 (110 pessoas). 18h/0h (fecha dom. e seg.). Cc: todos. Cd: todos. Entrada: R$ 10,00 a R$ 15,00 (sex. e sáb.). ④ → Aberto em 2012.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE