Comer & Beber 2011/2012

Bar do Antônio: O melhor boteco

- Atualizado em

Bar do Antônio
(Foto: Redação VejaBH)

A primeira vista, este tradicional bar da capital parece não oferecer muitos atrativos. Instalado numa ruela do Sion, tem ambiente rústico e poucos detalhes na decoração. Na entrada, destaca-se apenas o pé de cana presenteado pelos clientes mais fiéis em alusão ao hábito do antigo dono de jogar na porta do local um restinho de cachaça "para o santo". Apesar do clima de boteco pé-sujo, a simpática equipe de garçons, que atende alguns dos habitués pelo nome, e a bem-cuidada cozinha, comandada por Márcio e Roberto Bomtempo, atrai uma moçada que se espalha pelos dois pavimentos da casa e disputa as mesinhas de madeira da calçada. Para manter o cardápio sempre renovado, os irmãos costumam investir em cursos com premiados chefs da cidade, entre eles Ivo Faria, do Vecchio Sogno. Foi ele quem ensinou a Márcio a técnica de cocção a vácuo, utilizada no preparo da carne de sol com manteiga de garrafa escoltada por mandioca (R$ 25,00, para duas pessoas). O galeto desossado chega recheado de batata, queijo de minas e espumante (R$ 24,00, para até três pessoas). O cardápio de cervejas tem Brahma (R$ 5,00), Original e Serramalte (R$ 6,20 cada um).

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE