Bares

Em Macacos, bar Arábico aposta em receitas do Oriente Médio

Quibe, tabule e esfihas são as companhias das cervejas e da paisagem incrível

Por: Rafael Rocha - Atualizado em

Gustavo Andrade/Odin
(Foto: Redação VejaBH)

As esfihas de carne (R$ 4,00 cada uma), os quibes fritos com pasta de berinjela (R$ 18,00, oito unidades) e o quibe assado (R$ 20,00): para comer olhando as montanhas

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪✪ | BEBIDAS ✪✪

Para chegar a um visual deslumbrante, as montanhas do Morro da Cruz, é preciso percorrer ruas estreitas em Macacos. Em meio a tantos bares e restaurantes do vilarejo, este se destaca pela exuberância na decoração. Os detalhes encantam, como um bazar com itens de colecionador, entre eles os dezoito volumes de A Comédia Humana, de Balzac. Mineiramente, o proprietário vem abrindo a casa aos poucos. Esse improviso, no entanto, está muito longe de impedir uma visita. Entre os bebes, há latinhas de Skol e Brahma (R$ 4,00) e a garrafa da Estrada Real, da Falke Bier, a R$ 25,00. As opções para comer aparecem em maior número. Chegam bem frescas e saborosas. O tabule quente (R$ 20,00) estava indisponível no dia da visita. Feito com pasta de grão-de-bico, pasta de berinjela, quibe frito, torradas com zátar, esfihas e coalhada seca, o combinado árabe (R$ 48,00) é uma seleção saborosa. Num sábado à tarde, planeje testemunhar o crepúsculo ao som das boas atrações musicais. Em dias úteis o prazer é outro: um cineclube montado à beira da piscina ou no bazar.

Alameda dos Jatobás, 555, Jardim Amanda, Macacos, ☎ 9978-2233 e 9976-0540 (60 lugares). 18h/23h (sáb. 14h/23h; fecha dom. a qui.). Cc: A, D, M e V. Cd: M e V. ④ Aberto em 2014.

Cotações | Péssimo ← | Fraco ✪ | Regular ✪✪ | Bom ✪✪✪ | Muito bom ✪✪✪✪ | Excelente ✪✪✪✪✪

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE