Bares

O melhor chope de BH: Redentor

- Atualizado em

Odin
(Foto: Redação VejaBH)

Daniel Rezende: responsável pela excelência da bebida. Ao lado Cubilac de salmão com camarão ao molho de alcaparras e cogumelos: R$ 36,50

As férias escolares de Daniel Rezende Ribeiro, aos 15 anos, se passaram em meio a tulipas e caldeiretas da cervejaria que sua família até hoje mantém em um shopping no Centro. O jovem foi tomando gosto pela coisa e, mais tarde, enquanto cursava administração, embrenhava-se nas manhas e segredos de como conseguir o melhor chope. Tanta dedicação lhe rendeu os atributos necessários para que hoje esteja à frente dos negócios da família. Seu pai, o empresário Fausto Dias Ribeiro, foi quem tirou o primeiro chope da casa, dez anos atrás. Fã de bossa nova, ele mirou no gênero musical de Tom e Vinicius para compor a decoração. Com vista para imagens do Cristo Redentor e do bondinho do Pão de Açúcar, os garçons manejam onze variações da bebida da marca Brahma. O pelourinho, por exemplo, é o escuro de 300 mililitros (R$ 5,30). Na caneca de 500 mililitros, ele ganha o nome de gauchão e custa R$ 7,40. O zé cremoso chega numa caldeireta com 300 mililitros só de creme (R$ 4,65), mas quem não quer sair do tradicional opta pelo comum (R$ 5,30; 300 mililitros). Para petiscar, prove o cubilac de salmão com camarão ao molho de alcaparras e cogumelos (R$ 36,50). Perguntar a Daniel o que, afinal, torna todas essas combinações do chope tão cremosas é inútil. Ele não entrega a receita.

Rua Fernandes Tourinho, 500, Savassi, ☎ 3284-1175. 11h/último cliente. Cc: todos. Cd: todos. Manobr. (R$ 8,00). Ar. ④ ↔; Rua Tupis, 337, loja T21A, Shopping Cidade, Centro, ☎ 3272-5412. 11h/22h. Cc: todos. Cd: todos. Estac. Ar. → ↔ www.redentorbar.com.br. Aberto em 2003.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE