Teatro

Atriz Raíssa Alves canta, dança, sapateia e interpreta quase todas as heroínas da Disney

Crianças são as principais fãs da versátil artista, com agenda lotada até 2014

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Gustavo Andrade/Odin
(Foto: Redação VejaBH)

No currículo da artista estão Branca de Neve, Merida, Ariel e Rapunzel: talento vocal e versatilidade que encantam os fãs mirins

Duas menininhas aguardam ansiosas o início da peça no Grande Teatro do Palácio das Artes. As luzes se apagam e surge no palco a protagonista do musical A Pequena Sereia. "Olha, é a Raíssa!", grita uma das garotinhas. Elas então soltam risadinhas de empolgação e grudam os olhos em Raíssa Alves durante as duas horas de espetáculo. Aos 24 anos, a jovem atriz goianiense está há seis em cartaz como Ariel. A criançada, no entanto, não tem ido ao teatro só para assistir à história da sereiazinha, mas para ver Raíssa de perto.

Com uma bela voz de soprano, medidas de manequim e carisma inegável, ela também se tornou a rainha dos bufês infantis. Além dos espetáculos, faz pocket shows em aniversários. Durante uma hora, a equipe da Cyntilante Produções apresenta uma cena, tira fotos com os convidados e participa do parabéns. Dependendo do número de atores desejado e da localização do cliente, o pacote pode custar de 1 275 a 3 580 reais. A personagem varia ainda conforme o gosto das freguesas: Cinderela, Branca de Neve, Bela Adormecida, Rapunzel, Sininho e Merida (do longa de animação Valente). "As mães só fazem uma exigência: tem de ser a Raíssa", conta Fernando Bustamante, diretor da Cyntilante e roteirista das pequenas apresentações. A atriz é conhecida como "a primeira bailarina" nos bastidores da produtora. "Já vi colegas falar dela com uma ponta de inveja, mas é porque a Raíssa é uma estrela versátil", explica Bustamante. "Posso colocá-la para fazer quase todos os papéis."

Raíssa não para por aí. Ela ainda canta em casamentos e formaturas todos os sábados. "Já tenho a agenda lotada até maio do ano que vem", conta. A atriz se apresenta ora com o próprio grupo musical, ora como vocalista freelancer em outros seis conjuntos. Suas habilidades artísticas também são empregadas em esquetes para empresas sobre temas menos encantadores, como cuidados com a saúde e prevenção de riscos. Para manter o corpinho de sereia, Raíssa malha quatro vezes por semana e participa de um grupo de sapateado. Nas horas vagas, intercala o curso de inglês, as aulas de canto e a graduação em direito na PUC Minas.

A atriz, que interpreta ainda a gatinha de Os Saltimbancos, namora há nove anos o ator Marcus Vinícius, que vive o jumento na mesma montagem. Eles se conheceram no musical Nas Ondas do Rádio, quando ela tinha 14 anos, e ele 18. Engataram o romance, que segue firme e no ritmo alucinante da jovem estrela. Para acompanhar sua rotina agitada, Vinícius também marca presença nas festinhas infantis. Ele ataca de técnico de som, de iluminação e "do que for preciso" nos eventos. "Acho que o sucesso dela vem, além do talento vocal absurdo, da entrega total ao trabalho", derrete-se o ator. Os amigos a incentivam a se lançar nos grandes musicais em São Paulo, mas Raíssa põe o pé no freio. "Eu não sou mineira, mas tenho esse jeitinho de ir com calma. Minha vida em BH está tão boa que ainda não tenho vontade de ir embora", diz. Os fãs agradecem.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE