Bichos

Bichos

Por: Daniela Nahass - Atualizado em

Gustavo Andrade/Odin
(Foto: Redação VejaBH)
Eu e meu pet

A dona de casa Myrian Cristine Koch e seu marido, Juscelino Muniz, adoram andar de moto, uma paixão que acabou passando para a rottweiler da família. Quando era filhote, a cadela andava na garupa sem o menor medo. Hoje, com 9 anos e 60 quilos, ela tem de se contentar em se fantasiar de motociclista. "Oprah ainda é louca por motos, mas é impossível carregá-la com esse peso", diz Muniz. Eles vivem em um condomínio perto da Lagoa dos Ingleses, onde as casas não têm cerca. Logo que se mudaram, compraram a rottweiler para proteger a residência. "Não adiantou muito, mimei tanto a Oprah que hoje ela é um doce", explica Myrian. O nome foi dado em homenagem à apresentadora americana Oprah Winfrey, de quem o casal é fã.

Dica de especialista

Quais são os cuidados para viajar com cães e gatos no carro? Para que o pet tenha uma viagem tranquila, segundo a veterinária Amanda Carvalho, deve-se escolher um horário de temperatura mais amena. É importante parar a cada duas horas para que o animal possa beber água e fazer as necessidades. Recomenda-se que o peludo esteja em jejum de três a seis horas antes de pegar a estrada. É imprescindível utilizar caixa de transporte para gatos e cinto e segurança para cães.

Puro e verdadeiro

Gustavo Andrade/Odin
(Foto: Redação VejaBH)

O baixista da banda Tianastácia, Beto Nastácia, compôs uma canção em homenagem aos cães. Love Love é o car­ro-chefe do novo disco do grupo, lançado em setembro. "Estava tentando fazer uma música para minha filha quando escutei no rádio que existem mais pet shops que farmácias em São Paulo. Percebi como o brasileiro ama cachorro", conta ele, que tem dezessete peludos de várias raças. "Desde pequeno convivo com cães", diz. "O amor deles pelo dono é puro e verdadeiro."

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE