Festas

Um bolo para dar sorte

Confira endereços em BH que preparam a tradicional guloseima para o Dia de Reis

Por: Paola Carvalho - Atualizado em

Nidin Sanches/Odin
(Foto: Redação VejaBH)

Gallete des Rois, na França. Bolo Rei, em Portugal. Os nomes e as receitas são diferentes em cada país europeu, mas a tradição é a mesma. Em 6 de janeiro celebra-se o Dia de Reis - data que faz referência à visita dos três Reis Magos ao menino Jesus - com uma deliciosa guloseima a ser repartida por toda a família e amigos. E pode dar sorte.

Maria Fernanda Affonso, proprietária da Doces de Portugal, explica que na tradição portuguesa o bolo ganha frutas cristalizadas, já que as frescas desaparecem no inverno europeu. À massa, é misturada uma prenda dourada. A pessoa contemplada com a fatia que leva o brinde é o rei - ou o sortudo - do ano vindouro. "Na hora que se encontra a prenda todo mundo bate palma. É uma festa", diz com Maria Fernanda, com sotaque português. Ela vende a iguaria em Belo Horizonte há 30 anos, desde a fundação de sua doceria.

Na versão francesa da tradição, uma coroa costuma enfeitar a torta de massa folhada e creme de amêndoas. A família se reúne em volta da mesa e a criança da casa se esconde debaixo dela. Um integrante por vez come uma fatia. Quando o pequeno gritar "é o rei", a pessoa que degusta no momento é o afortunado do ano.

Existem várias lendas sobre este costume. Uma delas diz que os três reis magos, para decidir quem daria o primeiro presente ao Menino Jesus, encomendaram um bolo que, em seu interior, tinha uma fava. O rei mago que recebesse a fatia com o ingrediente seria o escolhido. A lenda não diz, porém, quem foi o contemplado.

Seja por tradição ou brincadeira, o belo-horizontino que quer comemorar a Epifania pode encontrar a receita em algumas padarias da cidade. Veja as três sugestões abaixo.

Doces de Portugal

80 reais (meio quilo) e 120 reais (um quilo)

Rua Antônio de Albuquerque, 862, funcionários, telefone 3344-5808

Padaria Bonomi

25 reais (serve seis pessoas)

Rua Cláudio Manoel, 460, Funcionários, telefone 3261-3460

Padaria Vianney

39,90 (um quilo)

Rua Aimorés, 141, Funcionários, telefone 3227-2071

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE