Entretenimento

Cineclube Savassi é reaberto como centro cultural

Fechado desde janeiro, espaço abrigará exposições, festas e sessões de cinema

Por: Júlia Boynard - Atualizado em

Alexandre C. Motta
(Foto: Redação VejaBH)

Multiuso: ainda em obras na semana passada, o espaço abrigará exposições, festas e sessões de cinema

Muitos temiam que o destino do Cineclube Savassi, fechado desde janeiro, fosse virar igreja ou estacionamento, como ocorreu com outros cinemas de rua da cidade. Os novos donos do espaço — proprietários dos bares Graças a Deus, Duke n' Duke e Demodée — deram, porém, uma boa notícia: o lugar abrigará um novo centro cultural, o Cult Clube Cine Pub (CCCP), com inauguração prevista para a próxima quarta (15). A telona não será a atração principal, mas voltará a ser usada em sessões especiais para a exibição de produções locais.

O cineclube fechou as portas sob a alegação de que o negócio se tornara financeiramente inviável. E o imóvel, na Rua Levindo Lopes, na Savassi, precisava de grandes reformas. Os cinco sócios que assumiram o empreendimento, Fred Garzon, Leonardo Soares, Fernanda Chegas, Robson Brandão e Gustavo Ziller, resolveram apostar em uma proposta multiuso. "A intenção é aumentar o espectro cultural, valorizando principalmente os artistas locais", diz Garzon. No espaço antes ocupado por fileiras de poltronas vermelhas, haverá exposições, shows, teatro, além de dominicais projeções de filmes. O novo nome, CCCP, explica o empresário, é uma brincadeira com a sigla da extinta União Soviética. "Os símbolos dessa época marcaram nossa juventude."

O Cineclube Savassi foi aberto em 1988 pela consultora cultural Mônica Cerqueira e três sócios. "Na época, a sala movimentou o mercado e foi um sucesso na cidade, um marco no cenário cinematográfico de BH", lembra Mônica. Do antigo espaço, foram conservados a bilheteria no hall de entrada, a tela e o projetor. De resto, será tudo bem diferente. Um grande balcão foi instalado para a venda de cervejas e drinques criados pelo chef Renato Quintino. A casa funcionará de terça a domingo, a partir das 18 horas, com uma programação diferente a cada dia. As terças serão para exposições e lançamentos. As quartas estão reservadas para bandas de jazz e as quintas para festas. As sextas e os sábados serão para baladas animadas por diferentes DJs. Cinema só mesmo aos domingos.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE