Bichos

Bichos

Por: Daniela Nahass - Atualizado em

Nidin Sanches/Odin
(Foto: Redação VejaBH)

Eu e meu pet

Com menos de 1 mês de vida, o pequeno Brad teve um olho furado. Desprezado nas feiras de adoção, acabou encontrando um lar na casa da contadora Hélina Randazzo. "A médica da minha filha me contou a história e fui conhecê-lo na clínica onde estava. Foi amor à primeira vista", diz ela. Hoje com 6 meses, Brad é um gatinho muito mimado. "Ele só toma água mineral e dorme na minha cama."

Stefan
(Foto: Redação VejaBH)

Férias com eles

Para viajar de avião com seu pet, é preciso ficar atento às regras de cada companhia aérea. As que fazem o transporte de animais cobram por isso. Algumas aceitam bichos de pequeno porte junto com os donos, mas a maioria só permite o traslado no compartimento de bagagem climatizado. Como há um limite para animais nos voos, é recomendável reservar com bastante antecedência. São exigidos vacina antirrábica, carteira de vacinação em dia e atestado de saúde assinado por um veterinário. Cães, gatos e outros pets devem ser colocados em uma caixa transportadora. Veja algumas dicas:

* O animal deve conseguir dar um giro de 360 graus dentro da caixa, cuja altura precisa ter pelo menos 5 centímetros a mais que a do bicho.

* Dentro da caixa, é importante que haja comida e água suficiente para a viagem. É bom ainda levar o brinquedo favorito do animal.

Arnie Levin/www.cartoonbank.com
(Foto: Redação VejaBH)

Dica de especialista

Meu cão de 7 meses come ração de filhote e não engorda. Devo trocá-la por ração de adulto?

Izete Márcia, dona de um cão vira-lata

Até o primeiro ano de idade, use ração de filhotes. Segundo a veterinária Izabela Gomes, o problema pode estar na qualidade do produto. "As chamadas super premium, que não são coloridas, têm custo-benefício melhor porque o cão come menos e absorve mais nutrientes", explica.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE