Eleições

Eleições 2012: conheça o estilo e as propostas dos principais candidatos à prefeitura de BH

Na hora da decisão, Marcio Lacerda e Patrus Ananias disputam os votos dos 9% de belo-horizontinos indecisos

Por: Ivana Moreira e Paola Carvalho - Atualizado em

Juarez Rodrigues/EM/D.A Press e Beto Novaes/EM/D.A Press
(Foto: Redação VejaBH)

Marcio Lacerda, em caminhada na Praça da Liberdade, no sábado (22): 45% das intenções de voto. Patrus Ananias, em campanha na Praça Duque de Caxias, no sábado (22): 32% das intenções de voto

Os dois principais candidatos à prefeitura de Belo Horizonte conhecem bem o tamanho do desafio que é governar uma cidade com 2,4 milhões de habitantes e uma série de problemas, como o trânsito cada vez mais congestionado, a falta de vagas nas escolas e um transporte coletivo que não atende às necessidades da população. Marcio Lacerda (PSB), o atual prefeito, quer continuar na cadeira. Patrus Ananias (PT), que a ocupou entre 1993 e 1996, quer voltar. A pesquisa Datafolha divulgada na última quinta (27) mostra que diminuiu a diferença entre as intenções de voto no socialista sobre o petista. Com 13 pontos de vantagem em relação ao adversário, Lacerda ainda garantiria, no cenário traçado pelo instituto, uma vitória em primeiro turno. Ele tem 45% das intenções de voto — 4 pontos a menos do que no levantamento anterior, do dia 12. Já Patrus cresceu 1 ponto e atingiu 32%. Os outros cinco candidatos — Alfredo Flister (PHS), Maria da Consolação (PSOL), Pepê (PCO), Tadeu Martins (PPL) e Vanessa Portugal (PSTU) — não somaram nem 5% das intenções de voto.

Na reta final da campanha eleitoral, estão em jogo os votos dos 9% de belo-horizontinos que, segundo o Datafolha, continuam indecisos. Patrus precisa conquistá-los para levar o embate para o segundo turno. Em relação ao índice de rejeição entre os eleitores, há um empate técnico. Patrus tem 21% e Lacerda, 20%. A disputa entre eles, que eram aliados até junho, ainda causa estranheza para muitos. Para quem vai o mérito dos bons resultados da administração municipal? E a responsabilidade pelas questões que não foram resolvidas durante o mandato? As respostas a perguntas como essas é que vão definir o resultado das urnas no próximo domingo (7). Nas páginas a seguir, conheça melhor o estilo e as propostas dos políticos que participam de uma das eleições mais importantes do Brasil.

Leia mais: Marcio Lacerda: um empresário na vida pública Patrus Ananias: a difícil missão de voltar ao poder Será que dá para fazer?Os outros concorrentes

+ Desempenho dos vereadores belo-horizontinos deixa a desejar nos últimos quatro anos

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE