Esse caos pode ter fim: pacote de intervenções viárias

Por: Paola Carvalho - Atualizado em

2269_transporte03.gif
(Foto: Redação VejaBH)

Há 150 pontos críticos no sistema de tráfego da capital, verdadeiros nós que travam o trânsito. É o que mostra o levantamento realizado pelo Conselho Empresarial de Política Urbana da Associação Comercial de Minas. A relação completa das obras consideradas urgentes — trincheiras, viadutos, elevados e alças — está em um documento que será entregue pela associação nos próximos dias ao prefeito Marcio Lacerda. "Alternativas suspensas e subterrâneas são parte do pacote de soluções para grandes cidades", diz o perito em trânsito Paulo Ademar. Entre as propostas estão um viaduto no bairro de Lourdes, que partiria da Avenida do Contorno e passaria por cima da Avenida Prudente de Morais, da Rua Santa Catarina e da Avenida Olegário Maciel. Já na Avenida do Contorno com a Avenida Amazonas, no bairro de Santo Agostinho, a sugestão seria uma trincheira. O argumento que justifica obras como essas é a possibilidade de eliminar cruzamentos e garantir maior fluidez para o trânsito. "O hipercentro não pode ter congestionamento porque provoca efeito dominó nas demais vias", explica o professor Paulo Resende. Segundo ele, quando não envolvem desapropriação, trincheiras e viadutos são intervenções que custam relativamente pouco se considerarmos seus benefícios para o trânsito.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE