Destino bucólico

Lavras Novas e suas construções coloniais

Distância da capital: 120 quilômetros | Região: central | Número de habitantes: 1 500 | Principais atrações: arquitetura colonial e belezas naturais

Por: Paola Carvalho - Atualizado em

Raul Chaves
(Foto: Redação VejaBH)

A Igreja Nossa Senhora dos Prazeres e uma das ruas com calçamento de pedra: no inverno, a neblina costuma encobrir a região

Acordar, apreciar a névoa que cobre as montanhas, tomar um delicioso café da manhã, sair para caminhar nas ruas de pedra ou simplesmente descansar em uma das muitas pousadas rústicas do distrito. O dia pode começar assim para quem quer aproveitar as temperaturas mais baixas na bucólica Lavras Novas, distrito de Ouro Preto, a aproximadamente uma hora e meia de Belo Horizonte. Nesta época do ano, as águas geladas podem afastar os turistas das belas cachoeiras. Mas restaurantes e tabernas estão de portas abertas para aqueles que apreciam bebidas quentes. O trio que mais caracteriza a cidade continua bem ali: a paisagem natural, o aconchego da antiga vila e a arquitetura colonial.

Não se sabe ao certo a origem de Lavras Novas. Alguns registros históricos indicam que no lugarejo viveram escravos fugitivos que se dedicaram ao garimpo para sobreviver. Outros, que o lugar passou, depois do declínio de Ouro Preto, a ser alvo da exploração do mineral precioso, o que explica seu nome. A Igreja Nossa Senhora dos Prazeres é do início do século XVIII.

Também se pode aproveitar para esticar até Ouro Preto, a apenas 13 quilômetros dali. Entre os dias 12 e 17, ocorrerá a 8ª Mostra de Cinema. E, de 12 a 28 de julho, o Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana - Fórum das Artes 2013. Quem não quer saber de pegar o carro pode testar cantinhos especiais, a exemplo dos cafés com bons quitutes mineiros e a loja Menestrel, do ator Jonas Bloch. Em todos os lugares, é sempre enriquecedor conversar com moradores e ouvir histórias sobre lendas e tesouros. Eles poderão falar sobre Nossa Senhora dos Prazeres - que dizem aparecer para fiéis - ou desejar que você encontre uma nova mina de ouro.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE