Bebida

Salinas inaugura na quinta (20) o Museu da Cachaça

Espaço dedicado à bebida no interior de Minas oferecerá cursos e degustações

Por: João Renato Faria - Atualizado em

Mauro Holanda
(Foto: Redação VejaBH)

Salinas, no Norte de Minas, já era um destino certo para os amantes de uma boa pinga. Os engenhos da região são famosos por suas aguardentes, que estão entre as melhores do país e ostentam nomes como Havana, Seleta, Piragibana e Canarinha. A partir de quinta (20), os apreciadores terão mais um bom motivo para visitar a cidade. Na data, será inaugurado o Museu da Cachaça, totalmente dedicado ao destilado.

A iniciativa foi uma parceria entre o governo do estado e a prefeitura de Salinas e consumiu cerca de 4,4 milhões de reais. Ocupando um terreno de 13 000 metros quadrados, o espaço oferecerá ações educativas sobre todas as etapas da produção da marvada, desde o plantio da cana até a distribuição e também sobre o consumo responsável do álcool.

Além destas atividades, o prédio abrigará uma exposição permanente sobre a história da bebida em Minas Gerais. Um acervo com os numerosos rótulos do destilado fabricados na região estará em exposição. Para completar, haverá um espaço para degustações da branquinha - e da amarelinha . Ao que parece, só vai faltar o torresminho.

Museu da Cachaça. Avenida Antônio Carlos, 1250, Salinas. Quarta a domingo, 10h às 19h. Grátis.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE