Comportamento

Banheiros para família podem se tornar obrigatórios em shoppings e estádios

Lei de autoria do vereador Pedro Patrus (PT) está prestes a ser promulgada na Câmara Municipal

Por: Rafaela Matias - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

Um projeto de lei em tramitação na Câmara de Belo Horizonte pretende mudar os banheiros dos estabelecimentos da capital. A proposta, do vereador Pedro Patrus (PT), defende a implantação obrigatória de toaletes para famílias em locais onde existe grande acesso do público, como parques, cinemas, shoppings e estádios.

A ideia é que crianças com idade inferior a 10 anos sejam acompanhados pelos pais, independentemente do gênero. "O banheiro família irá permitir que um pai entre com sua filha pequena, por exemplo, sem constrangimento ou risco", afirma Patrus. Segundo o vereador, que é coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, o objetivo é garantir mais comodidade e segurança às crianças. "Há registro de um garoto de 6 anos que foi molestado quando teve que entrar sozinho em banheiro masculino onde a mãe não podia entrar", conta.

Em dezembro do ano passado, a proposta foi vetada pelo prefeito Márcio Lacerda. O veto, no entanto, foi derrubado em reunião do Plenário no último dia 13 e a sanção da lei é aguardada pelos vereadores. Após a publicação, o Executivo terá 120 dias para concluir a regulamentação.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE