Beleza

7 procedimentos para exterminar as rugas neste fim de ano

Métodos pouco invasivos são ótimas opções para ter a pele linda nas festas

Por: Rafaela Matias - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

Além do habitual estresse da vida em cidade grande, 2014 contou com alguns adicionais. Campeonatos intensos de futebol, alta inflacionária e eleições presidenciais garantiram rugas extras de preocupação. Mas ainda dá tempo de agendar um procedimento estético como a aplicação de Botox, o preenchimento facial ou até o peeling a laser, para dar uma revigorada na pele e começar 2015 com tudo. Segundo o dermatologista Bruno Vargas, como os procedimentos são pouco invasivos, quaisquer marcas já terão sumido a tempo das festas de fim de ano.

Radiofrequência

É uma boa opção para quem não pode abrir mãos das atividades diárias e precisa de um efeito imediato. "A radiofrequência causa o chamado 'efeito cinderela', pois aumenta a temperatura da derme e dá uma levantada instantânea no rosto", explica Vargas. "Pode-se realizar o procedimento no mesmo dia da festa." Com a elevação da temperatura, o método estimula a produção de colágeno e produz o efeito lifting - que, em inglês, significa levantar. No entanto, para que o resultado inicial seja mantido é necessário dar continuidade ao tratamento, realizando sessões semanais por cerca de dois meses.

Infravermelho

Produz efeitos semelhantes aos da radiofrequência, mas utiliza a luz infravermelha para obter os resultados. "Quando as rugas estão em um estágio avançado, pode-se associar o infravermelho e a radiofrequência para intensificar a melhora", afirma o dermatologista. "São formas tranquilas e pouco invasivas de estimular o colágeno."

Botox

Velha conhecida de quem frequenta clínicas de estética, a toxina botulínica também é uma aliada dos que querem acabar com as rugas antes do Ano-Novo. Além disso, o Botox pode ser usado para outras funções, como arquear as sobrancelhas e arrebitar a ponta do nariz. "Tudo isso ajuda a compor o rosto e deixá-lo mais bonito", explica o dermatologista Bruno Vargas. Os efeitos começam a aparecer 72 horas após a aplicação e ficam mais evidentes nas duas semanas seguintes.

Preenchimento facial

O método consiste, basicamente, em repor o volume do rosto com ácido hialurônico. "A perda de músculos causada pelo envelhecimento acaba dando o efeito de queda facial", diz Vargas. "O preenchimento aplicado nas bochechas e no contorno do rosto consegue repor um pouco desse recheio e dar um ar mais jovial." O ácido, que também pode ser implantado em locais como olheiras, maçãs do rosto e queixo, produz efeito imediatamente após a aplicação.

Cremes com veneno de cobra

Esses produtos possuem o princípio ativo Syn-Ake, substância sintética derivada do veneno da serpente. Eles estimulam a contração muscular e paralisam a região, dando um efeito de relaxamento e atenuando as rugas. "Funcionam como um Botox menos acentuado", explica o dermatologista. O produto causa uma reação imediata, mas o uso duradouro garante melhores resultados. "Pode-se passar o creme tanto pela manhã, junto com o filtro solar, quanto à noite, por baixo da maquiagem."

Peeling superficial

Trata-se de uma alternativa rápida e com custo inferior ao de técnicas similares. Descama a camada superficial da pele, promovendo a renovação celular e melhorando a textura. "Pode ser feito até dez dias antes das festas, para atenuar rugas e manchas."

Hidratação injetável

Funciona à base do ácido hialurônico, o mesmo usado para o preenchimento, mas em doses menores. "O ácido é injetado na pele e puxa a água, promovendo a hidratação", explica Vargas. "Uma pele desidratada é uma pele envelhecida, sem brilho." A melhora pode ser vista logo nas primeiras horas, ficando mais evidente ao longo dos dias. O ideal para conseguir o efeito máximo é realizar três aplicações, de 30 em 30 dias.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE