Esporte

Belo Horizonte será sede do 4º Encontro Nacional de Capoeira Angola

Evento discutirá a participação da capoeira na educação e a inclusão da história e cultura africana e afro-brasileira na grade de ensino das escolas

Por: Rafaela Matias - Atualizado em

Bárbara Schall
(Foto: Redação VejaBH)

Entre quinta (13) e sábado (15), o som do berimbau vai ressoar pela cidade. A capital mineira sediará, pela quarta vez, o Encontro Nacional de Capoeira Angola, que discutirá a participação dessa modalidade na educação e os dez anos da lei que tornou obrigatório o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira nas escolas de ensino fundamental e médio.

Além disso, o encontro quer promover reflexões críticas sobre os impactos simbólicos e políticos da capoeira como patrimônio imaterial e prestar uma homenagem aos 125 anos de Mestre Pastinha, responsável pela disseminação da Capoeira Angola. "Essa modalidade foi passada pelos escravos e representa uma luta pela tradição", afirma o curador do evento, Edson Moreira da Silva, também conhecido como Mestre Primo. "A capoeira não é só entretenimento, ela possui um contexto histórico e cultural que dá sentido à técnica."

Debates, palestras, oficinas, exposições fotográficas e rodas de capoeira terão entrada gratuita. Mestres capoeiristas de São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás e da Bahia estarão entre as atrações.

Veja a programação completa:

13 de novembro

Debate - A escola na roda de Capoeira - 13h às 17h

Auditório da Secretaria Municipal de Educação (Rua Carangola, 288, 7º andar, Santo Antônio)

13h15 - Abertura com a bateria da capoeira do Grupo Iuna

13h30 / 14h30 - Mesa 1 - Educação Integral e Cultura: a Capoeira como Patrimônio

- A Capoeira e o Patrimônio Cultural - IPHAN

- O Ensino da cultura Afro-brasileira nas Escolas e a Lei 10.369

- CPIR | Política de Promoção Racial de BH

- 15 minutos abertos ao público para debate

15h / 17h - Mesa 2 - A Educação Integral na Roda de Capoeira

- A Escola na Roda de Capoeira - Representante da Escola Integrada da PBH

- Conselho de Mestres de MG | Objetivos e metas do Conselho - Mestre Legalzinho

- Fechamento com Mestre Primo

- Mediadora - Sra. Mara Evaristo - SMED/PBH

- 20 minutos abertos ao público

19h - Roda de Capoeira na Praça da Liberdade

14 de novembro

Oficinas e Roda - 9h às 21h

Centro Cultural da UFMG (Avenida Santos Dumont, 174 - Centro)

9h às 10h - Oficina - Mestre Cenorinha/SP

10h30 às 11h30 - Oficina - Mestre Célio/ RJ

14h às 15h - Oficina - Mestre Guaraná/GO

15h30 às 16h30 Oficina - Mestre Roberval/ BA

17h às 18h - Oficina - Nani de João Pequeno/BA

18h às 19h - Mostra CineAfroBH

19h às 21h - Roda com todos os mestres, participantes e convidados

15 de novembro

Festa do Encontro - 13h às 18h

Sede do Grupo Iuna de Capoeira Angola (Rua Doutor Brochado, 1500 - Saudade)

Apresentações culturais (Aberto ao público):

Grupo 1 Novo Jeito

Veríssimo e os Gigantes

Intervenções do Palhaço Bambulino

Grupo de Flauta do Iuna

Anderson Junior (voz e violão)

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE