Energia

Horário de verão deve gerar economia de 0,5% de energia em Minas

Até 22 de fevereiro de 2015, os relógios ficam adiantados em uma hora e a energia acumulada no período é suficiente para abastecer Belo Horizonte durante nove dias

Por: Glória Tupinambás - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

Na virada de sábado (18) para domingo (19), quando os relógios forem adiantados em uma hora, estará dada a largada para a economia de energia no país. Nos 126 dias de horário de verão, que terminará em 22 de fevereiro de 2015, o Brasil espera poupar 4 bilhões de reais. Em Minas Gerais, a Cemig estima uma redução de 4% na demanda diária por energia elétrica. A economia de energia deve ser de 108 gigawatts-hora, o que equivale a 0,5% da energia gasta no período e é suficiente para abastecer uma cidade do porte de Belo Horizonte durante nove dias.

Além de aumentar a segurança de operação do sistema elétrico e reduzir o risco de apagões, o horário de verão deve beneficiar consumidores, especialmente nas classes residencial e comercial, com a economia. "Isso ocorre devido ao menor tempo de uso da iluminação artificial, que pode reduzir em até 5% o consumo mensal dos clientes", diz Wilson Lage, engenheiro de planejamento do sistema elétrico da Cemig.

Confira as principais dicas da Cemig para garantir uma economia significativa de energia durante o verão:

- Lâmpadas: aproveite a iluminação natural e evite acendê-las durante o dia. Opte por lâmpadas fluorescentes compactas, que têm maior durabilidade e são mais econômicas.

- Chuveiro elétrico: deixe a chave na posição menos quente, feche a torneira para ensaboar e limite o tempo do banho. Se possível, também evite usar o aparelho entre 17 e as 22 horas.

- Televisão: não deixe o aparelho ligado se ninguém estiver assistindo. E use o timer quando quiser dormir com a TV ligada.

- Computadores: acione o "Energy Stay", que desliga o monitor quando o equipamento não está sendo usado. Não deixe acessórios ligados sem necessidade.

- Geladeira: não deixe as portas abertas por muito tempo e não forre as prateleiras com plástico ou vidro, pois isso prejudica a circulação interna de ar. Nunca use a parte traseira para secar roupas e calçados e regule o termostato de acordo com as estações do ano.

- Lavadora/Secadora: lave e seque, de uma só vez, a quantidade máxima de roupa indicada pelo fabricante. Use a dose certa de sabão para evitar repetir operações de enxague e mantenha o filtro limpo.

- Ferro elétrico: só ligue o aparelho quando houver uma grande quantidade de roupa para passar e evite usá-lo em horários de pico.

- Ar-condicionado: compre modelos com o selo Procel de eficiência energética e dimensione o aparelho para o tamanho do ambiente. Feche cortinas e persianas para evitar o calor do sol no espaço e desligue o ar-condicionado quando for se ausentar por muito tempo.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE