Cidade

Confira cinco dicas simples para prevenir acidentes com pipas

Brincadeira comum na temporada de férias pode se tornar perigosa

Por: João Renato Faria - Atualizado em

2381_online_pipa.jpg
(Foto: Redação VejaBH)

As pipas garantem diversão para a meninada durante as férias, mas podem oferecer riscos que vão muito além de fios entrelaçados. A linha com cerol, por exemplo, está entre as principais causas de acidentes provocados por papagaios. Entre 2012 e 2103, 43 ocorrências foram registradas pelo Corpo de Bombeiros de Minas - a maior parte das vítimas foram motociclistas atingidos por linhas com cerol (mistura de cola com caco de vidro). Segundo os bombeiros, as pipas também são um risco para os helicópteros Arcanjo, usados no atendimento aéreo a vítimas de acidentes.

Veja cinco dicas que podem prevenir acidentes e deixar a brincadeira muito mais divertida:

- Não solte pipas em dias de chuva, principalmente se houver relâmpagos.

- Evite brincar perto de antenas, fios telefônicos ou cabos elétricos. "Fios que conduzem eletricidade são muito perigosos porque o contato com a linha pode causar um curto circuito e transformá-la em condutor elétrico, trazendo danos tanto para a rede elétrica quanto para a pessoa que está brincando", afirma o capitão do Corpo de Bombeiros, Frederico Pascoal.

- Jamais utilize linha metálica, como fio de cobre, de bobinas ou com cerol.

- Cuidado com ruas e lugares movimentados, principalmente quando andar para trás. Você pode cair em um buraco ou chocar-se com carros em trânsito.

- Atenção especial com os motociclistas e ciclistas - a linha pode ser perigosa para eles. Fique atento para que a linha não entre na frente deles.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE