Cidade

Ações de segurança pública não freiam violência na capital

Balanço de 2013 mostra crescimento de 20% no número de crimes violentos

Por: Paola Carvalho - Atualizado em

Nidin Sanches/Odin
(Foto: Redação VejaBH)

O número de crimes violentos - homicídio, sequestro, cárcere privado, roubo e estupro - em Belo Horizonte cresceu 20% neste ano até novembro, em relação ao mesmo período do ano passado. Foram registradas 27 775 ocorrências, uma média de 84 por dia. De acordo com o secretário de Estado de Defesa Social), Rômulo Ferraz, um conjunto de fatores explica a expansão da violência, como a disseminação do crack, o aumento da participação do adolescente e a "flexibilização" da lei federal 12 403 de 2011, que resultou no aumento dos casos de liberdade provisória. "Agora é comum prender um mesmo sujeito 10 a 15 vezes", diz. Ferraz apresentou o balanço das ações da secretaria neste ano e o que está previsto para 2014. Veja algumas medidas abaixo.

- Foram abertas 1584 vagas no sistema prisional, somando as atuais 29 772. Para 2014, a promessa é de que investimentos de 200 milhões de reais, em 16 novas unidades prisionais, resultarão em mais cerca de 10 000 vagas.

- O Complexo Penitenciário Público Privado (CPPP), em Ribeirão das Neves, foi a primeira unidade prisional a instalar bloqueador de celular. Outras deverão receber a tecnologia no ano que vem, como o Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, e o Presídio Antônio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves.

- Em 2013 foi concluído concurso com aprovação de 5 500 agentes penitenciários, que começam a trabalhar no primeiro trimestre de 2014. Neste mês, foi aberto novo edital para contratação de mais 3 535.

- Foram inaugurados dois centros socioeducativos: um em Unaí e outro em Açucena. No ano que vem, outros cinco serão entregues, com cerca de 40 vagas cada um.

- Abriram as portas dois Centros de Prevenção à Criminalidade em Belo Horizonte, nos bairros Primeiro de Maio e Vila Pinho, além de mais um no Ressaca, em Contagem, com os programas Fica Vivo e Mediação de Conflitos. Foi anunciada a entrega de outros quatro no primeiro trimestre de 2014.

- Em 2013, a Polícia Militar recebeu 1594 automóveis e a Polícia Civil, 182. Para o próximo exercício, são esperadas mais cerca de 500 para a PM e 550 para a PC.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE