A opinião do leitor

A opinião do leitor

- Atualizado em

Bichos

Hoje nosso coração brilhou com a belíssima reportagem de VEJA BH "Animais bem protegidos" (30 de janeiro). É um importante chamado para a sociedade sobre a atual situação dos bichinhos! A SOS Bichos agradece imensamente à revista pela oportunidade de falar sobre o nosso trabalho e espera que a repercussão ajude a todos os envolvidos na causa e, principalmente, sensibilize as pessoas a adotar um animalzinho abandonado. Somos gratos também a todos os colaboradores, membros, voluntários, parceiros e apoiadores, pois sem eles o nosso trabalho não seria possível.

Helena Maciel

Roteiro da Semana

Agradeço ao jornalista Rafael Rocha, crítico de bares, pela excelente reportagem "Boteco à italiana" (30 de janeiro). Houve veracidade e bom gosto.

Artur Correa Teixeira, dono do La Putanesca Lounge Café

Ciclovias

Parabéns pela excelente reportagem "Pedalando por Beagá" (23 de janeiro). Tenho 49 anos, moro no bairro Gutierrez e trabalho no Santa Efigênia. Faço o trajeto todos os dias de bike e não vejo nenhum problema na topografia da cidade para a prática do ciclismo.

Gilmar Coelho

Pedágio

Há duas semanas, VEJA BH publicou uma reportagem sobre a implantação de uma praça de pedágio próximo ao trevo de Ouro Preto, na BR-040 ("O pedágio da discórdia", 23 de janeiro). Nós, moradores dos condomínios da região, fizemos um pedido à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para o adiamento do leilão, que estava previsto para a última quarta (30). Escrevo para informar que fomos atendidos.

Sibele Barony

Cris Guerra

Tão logo comecei a receber VEJA BH, passei a admirar as crônicas de Cris Guerra. Mas, na última ("Cheddar pra lá", 30 de janeiro), tive de aplaudi-la de pé. Usando as palavras dela: por que comer algo que só consegue destruir o sabor de todo e qualquer prato em que é colocado? Que­ro uma camiseta com os mesmos dizeres da sua, Cris.

José Eustáquio Lobo

Ótimo o seu texto "Cheddar pra lá". Você tem razão. Bater e servir abacate com leite, ninguém merece. Uma sugestão de vitamina para quem gosta da fruta (ou nem tanto, como é o meu caso): feita com água, açúcar e temperada com um pouco de suco de limão, tudo nas proporções certas e geladinha. É um show.

Stilianos Vicopulus

Concordo com você, Cris. Por que não usar o queijo canastra nos nossos sanduíches? É uma delícia. Sobre a vitamina de abacate, porém, eu discordo. Adoro e faço para a minha menina de 8 anos, que também adora. Antigamente, essa era uma das frutas que mais se viam na casa das pessoas, quase todas tinham um pé no terreiro. Acho que você deu azar e a vitamina não ficou benfeita. Ou o problema foi o tipo de abacate usado. Sugiro duas receitas que deve experimentar. Faça a vitamina, coloque em uma fôrma de gelo, enfie palitos nos cubinhos e leve-os ao freezer. Terá deliciosos picolés. Ou pegue uma fruta bem madurinha, amasse com açúcar refinado e deixe na geladeira antes de comer. Dos dois jeitos, é uma delícia.

Renato Rocha da Silva

Acho totalmente coerente sua ideia de que as redes americanas de fast-food ofereçam por aqui opções tupiniquins de seus lanches. Fiquei com água na boca imaginando o sabor de um McCanastra! Eu apoiaria - e imagino que muitos mineiros também - uma campanha dessas. Ficaria curioso de ver um concurso de lanches à mineira. Parabéns pela crônica.

Lino Marques

Escreva para nós E-mail: vejabh@abril.com.br

Cartas: Avenida do Contorno, 5919, 13º andar, CEP 30110-042, Belo Horizonte, MG

As mensagens devem trazer a assinatura, o endereço, o número da cédula de identidade e o telefone do remetente.

Envie para Diretor de Redação, Veja BH. Por motivos de espaço ou clareza, as cartas poderão ser publicadas resumidamente

Atendimento ao leitor: (31) 3254-3518

Atenção: ninguém está autorizado a solicitar objetos em lojas nem a fazer refeições em nome da revista a pretexto de produzir reportagens para qualquer seção de Veja BH

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE