A opinião do leitor

A opinião do leitor

- Atualizado em

› Música Os meninos do Jota Quest são ótimos músicos e têm bom coração ("No embalo pop", 27 de novembro). Amo.

Anna Harry

Eu me lembro de toda a história da banda e gostaria de parabenizar a galera. Sou suspeito para falar porque gosto do Jota Quest desde os tempos do Canal 25, quando eles iam ao programa Big Drops, da Aninha Paixão e Juliano Maia.

Newton Alves Ferreira Junior

› Histórias da Cidade

Era o meu pai que consertava a escada rolante da Galeria do Ouvidor ("Tradição no Centro", 27 de novembro). Às vezes, a vida era tão dura que ficávamos rezando para ela estragar. Bons tempos... Não deixem essa história de Belo Horizonte se perder.

Márcia Carneiro Bueno

A minissérie Hilda Furacão ("Hilda na tela", 27 de novembro), baseada no romance do escritor mineiro Roberto Drummond, é notável. Vale a pena ver novamente.

Carlos Antonio Mello

› Guignard

É preciso cuidar das belas coisas que já temos, e não construir novos edifícios, como se a história nunca tivesse existido ("Arte em apuros", 27 de novembro). A Guignard é uma escola linda, pensada para que o artista possa contemplar a natureza, a vista da cidade e buscar inspiração num espaço mágico. Ignorar a sua existência e deixá-la caindo aos pedaços é desrespeitar os mineiros e sua arte.

Diana Penna

Se acontecer de fato a tão falada "recuperação", será uma ótima notícia. Até que enfim estão olhando para nós. Sou aluna de artes plásticas na Guignard e tenho torcido muito para que alguém do poder público zele pelo patrimônio que é de toda a sociedade mineira. Alunos e professores devem ter seu espaço garantido na transmissão de conhecimento. Só assim poderemos competir com outras faculdades do país e voltar a ser referência nacional. Salvem a Guignard!

Lízia Lima

› Minas, São Muitas

Sabará é uma lindíssima cidade ("Com os pés carregados", 27 de novembro). Lá, eu vivi os melhores momentos de minha vida. Quando criança, na época da família Benfica, chupei muitas jabuticabas. Como era bom aquele tempo!

Maria Auxiliadora

› Belo-horizontino Nota 10

Parabéns pela iniciativa do empresário Jairo Azevedo (27 de novembro), com nobreza de atitude e alma. Além de distribuir o que ganhou em benefício de quem precisa, forma pessoas para a vida.

Rodrigo Móvio

Merece nosso aplauso o dinamismo, perseverança e muito trabalho de Jairo Azevedo, filho de família pobre de Curvelo. Seu pai foi porteiro de um clube social da cidade e soube criar a família. O exemplo está aí. Parabéns!

Carlos Antonio Mello

› VEJA BH

Parabéns a toda a equipe de VEJA BH, em especial pela visão de qualidade e diversidade cultural e gastronômica das seções "Bares" e "Restaurantes". Gosto muito também da crônica na página final, que nos brinda a cada semana com a sensibilidade latente de Cris Guerra e Luís Giffoni.

Marcos Braz

Releio todas as revistas antes de do­á-las. De repente, olho a crônica "Palavras", do menino Giffoni (20 de março). Já não me lembrava dela. O que eu fiz? Destaquei a folha e colei em meu caderno de recortes para ler sempre. Ter um caderno para colar os bons assuntos não é para qualquer um. Amo as coisas que aprendi na infância, e um caderno de recortes não cai de moda nunca. Obrigada, VEJA BH, por trazer bons assuntos que podem se mudar para meu caderno.

Meire de Mendonça

Escreva para nós

E-mail: vejabh@abril.com.br

Cartas: Avenida do Contorno, 5919, 13º andar, CEP 30110-035, Belo Horizonte, MG

As mensagens devem trazer a assinatura, o endereço, o número da cédula de identidade e o telefone do remetente.

Envie para Diretor de Redação, Veja BH. Por motivos de espaço ou clareza, as cartas poderão ser publicadas resumidamente

Redes sociais: facebook.com/vejabh e @veja_bh (Twitter)

Atendimento ao leitor: (31) 3254-3518

Sobre assinaturas: (11) 5087-2112

Atenção: ninguém está autorizado a solicitar objetos em lojas nem a fazer refeições em nome da revista a pretexto de produzir reportagens para qualquer seção de Veja BH

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE