A opinião do leitor

A opinião do leitor

- Atualizado em

› Perfil

A cantora Paula Fernandes bem que podia ampliar a guinada na carreira e passar a cantar jazz ("Dona das rédeas", 19 de fevereiro). Ela tem uma voz talhada para isso. Poderia largar a caipiralha e ser a nova Amy Winehouse.

José Roberto de Amorim

Considero a Paula Fernandes a melhor cantora do Brasil.

Sandra Twain

Não ouço nem morto. Paula Fernandes é linda, mas de boca fechada.

Marcello Vila Nova

› Belo-horizontina Nota Dez

Parabéns à médica Irene Adams pelo seu trabalho na Clínica Ammor, que atua na prevenção e no diagnóstico de doenças sexualmente transmissíveis entre crianças e adolescentes carentes (19 de fevereiro). Não é somente nessa área que os recursos financeiros vêm de fora. Na área de hanseníase, há vários programas subsidiados por ONGs internacionais. Apesar de o país ocupar o segundo lugar em número de casos de hanseníase no mundo, o governo brasileiro não destina verbas suficientes pa­­­­ra o tratamento.

Denise Pacis Gomes Pinto

› Cris Guerra

Sua crônica me tirou lágrimas dos olhos ("Bem vivido", 19 de fevereiro). Já perdi pessoas queridas e vivi intensamente meu luto. É importante. Descobri, sim, uma forma de pôr a minha dor para trabalhar em outra direção. É linda a analogia que você fez entre a morte e a vida. Obrigada pela emoção. Leio seus textos e me delicio com eles.

Sandra de Almeida

Fiquei emocionada com a história relatada na última crônica. Você mostrou a muitos como é dar valor às pessoas que fazem diferença na vida.

Carolina Leal Pascoal

Muito boa sua crônica, Cris Guerra. Nos faz pensar sobre a importância das verdadeiras amizades, sobre como é bom amar e ser amado e que é preciso ter humildade para entender as pessoas.

Rodrigo Emanuel de Oliveira Aguiar

Perdi meu pai há três anos e sei bem o que é a dor pela morte de alguém. Precisamos de toda a ajuda de amigos e familiares nesse momento tão delicado. Não podemos viver à mercê do luto. Temos de seguir em frente. Parabéns por seus textos tão encantadores.

Farid Saliba

Minha mensagem é apenas para lhe dar os parabéns pelos belíssimos textos publicados por VEJA BH. E, ao mesmo tempo, agradecer-lhe por isso. São verdadeiras joias. Inspirados, bem trabalhados. Bacanas mesmo. Eu começo a leitura da revista pela última página. Deus a ilumine sempre mais.

Ismar Dias de Matos

Escreva para nós

E-mail: vejabh@abril.com.br

Cartas: Avenida do Contorno, 5919, 13º andar, CEP 30110-035, Belo Horizonte, MG

As mensagens devem trazer a assinatura, o endereço, o número da cédula de identidade e o telefone do remetente.

Envie para Diretor de Redação, Veja BH. Por motivos de espaço ou clareza, as cartas poderão ser publicadas resumidamente

Redes sociais: facebook.com/vejabh e @veja_bh (Twitter)

Atendimento ao leitor: (31) 3254-3518

Sobre assinaturas: (11) 5087-2112

Atenção: ninguém está autorizado a solicitar objetos em lojas nem a fazer refeições em nome da revista a pretexto de produzir reportagens para qualquer seção de Veja BH

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE