Saúde

Vila da Serra manterá pronto-socorro infantil

Hospital voltou atrás na decisão de suspender o atendimento pediátrico

Por: Paola Carvalho - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

O Hospital Vila da Serra anunciou, nesta segunda-feira (20), que manterá as atividades do pronto-socorro infantil. "Foi estabelecido um acordo com as fontes pagadoras que viabiliza, nesse momento, a manutenção dos serviços", informou a diretoria por meio de nota. Em março, o hospital havia decidido acabar com o serviço alegando que os valores pagos pelas operadoras de planos de saúde não compensavam.

Na edição de 27 de março, VEJA BH publicou reportagem sobre grupos de mães que se manifestavam contra a suspensão de atendimento pediátrico em vários hospitais da Região Metropolitana de Belo Horizonte, como o Vila da Serra, que recebe uma média de 4 000 crianças por mês.

Leia mais + Fim do atendimento a crianças em hospitais da cidade faz com que mães se unam em protesto na internet

O grupo "Padecendo no Paraíso", com mais de 2 000 integrantes no Facebook, por exemplo, lançou um abaixo-assinado virtual, pressionou por reunião na Assembleia Legislativa de Minas Gerais e fez manifestação na Praça da Liberdade. Acabou conseguindo reabrir as negociações do hospital com as operadoras.

De acordo com a Sociedade Mineira de Pediatria (SMP), nos últimos cinco anos, dezenove centros médicos da região metropolitana desativaram o pronto-socorro pediátrico, total ou parcialmente, alegando baixa rentabilidade. Apenas oito hospitais privados da cidade ainda mantêm consultas de emergência para crianças: Associação Beneficente da Criança, Mater Dei, Padre Anchieta, São Camilo, São Lucas, Semper, Unimed-BH e o Vila da Serra.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE