Cinema

Para lá de Bollywood

Mostra no Cine Humberto Mauro apresenta a pluralidade do cinema indiano contemporâneo

Por: Tiago Faria - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

Shreya Reddy e Prakash Raj: os protagonistas de Cidade da Seda

Indústria cinematográfica mais conhecida da Índia, Bollywood é quase sempre sinônimo de histórias de amor com final feliz embaladas por canções e coreografias exageradas e coloridíssimas. Mas ela responde por apenas 30% dos cerca de 1 300 filmes produzidos por ano no país. A partir desta segunda (25), o Cine Humberto Mauro exibe a mostra Indiana Bhava, que promete apresentar um panorama completo do cinema contemporâneo indiano, para além do clichê.

No lugar de fábulas românticas e situações improváveis, as fitas selecionadas retratam o cotidiano, as desigualdades sociais e questões políticas, trabalhistas e existenciais. O processo de produção de filmes também é abordado. Serão contempladas fitas que apresentam linguagens e idiomas específicos de várias regiões da Índia, como o chamado Cinema Marathi (do estado de Maharashtra), o Cinema Malayalam (do estado de Kerala), o Cinema Hindi (norte do país) e o Cinema Kannada (do estado Karnataka). Entre os onze trabalhos previstos, estão o premiado Quatro Mulheres, de Adoor Gopalakrishnan, Dharm, de Bavana Talwar, Mais Uma História de Amor, de Kaushik Ganguly, e Cidade da Seda, de Priyadarshan. A curadoria é de Ananda Jyothi, indiano radicado no Brasil há doze anos, e Carina Bini, produtora e roteirista brasileira especializada em cultura indiana. Todos os filmes serão exibidos em 35mm. A mostra, que já passou por Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre, segue depois para Brasília.

Indiana Bhava. Cine Humberto Mauro. De segunda (25) a domingo (1º). Grátis. Os ingressos estarão disponíveis meia hora antes das sessões. Programação completa no site www.fcs.mg.gov.br.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE