Cinema

Um Estranho no Lago prende a atenção do público até o fim

Fita gay mostra sexo e amor entre iguais

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

O personagem Franck: à procura de um parceiro

Avaliação ✪✪✪

O jovem Franck (Pierre Deladonchamps) está desempregado e, no verão, começa a frequentar diariamente um lago onde ocorre intensa paquera entre homossexuais. Seu primeiro encontro é com um quarentão gorducho, de poucas palavras e recém-separado da mulher. Franck não sente nenhuma atração pelo desconhecido, mas faz dele um amigo e confidente. Seu desejo se concentra no bigodudo Michel (Christophe Paou). Como o protagonista de Um Estranho no Lago está numa espiral de descontentamento e obcecado em achar um parceiro, acaba se envolvendo com a pessoa errada. O suspense está impregnado em quase toda a trama, assim como o homoerotismo se faz presente. Pode ter sido um exagero da revista francesa Cahiers du Cinéma escolher o lon­ga-­metragem como o melhor do ano. As qualidades, contudo, são evidentes. Além da ousadia na abordagem do tema (há, inclusive, cenas de sexo explícito), o diretor Alain Guiraudie consegue manter a plateia plugada até a derradeira cena. Direção: Alain Guiraudie (L'Inconnu du Lac, França, 2013, 97min). 18 anos. Estreou em 13/12/2013.

Belas Artes 3.

Cotações | Péssimo ← | Fraco ✪ | Regular ✪✪ | Bom ✪✪✪ | Muito bom ✪✪✪✪ | Excelente ✪✪✪✪✪

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE