Cinema

Fruitvale Station - A Última Parada recria uma estúpida morte ocorrida em 2009

Roteiro repassa a morte de rapaz por policial dentro um vagão de trem nos EUA

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

Oscar é repreendido pelos policiais: tensão no metrô

O diretor Ryan Coogler, de 27 anos, saiu do Festival de Sundance 2013 com os prêmios do público e do júri. Em seu primeiro lon­ga­metragem, ele buscou uma chocante história extraída das páginas policiais. No réveillon de 2009, Oscar Grant (papel de Michael B. Jordan) voltava de São Francisco para Oakland junto da namorada e de um grupo de amigos. Um tumulto no vagão do metrô provocou uma briga, da qual ele fez parte. O rapaz tentou se safar, mas logo foi descoberto. Vinda da arma de um policial, uma bala tirou a vida de Oscar, pai de uma garotinha. O roteiro reconstitui o último dia do protagonista. Embora um traficante de drogas forçado pelas circunstâncias, ele era atencioso com a mãe (Octavia Spencer) e um pai dedicado. Há licenças ficcionais (e muito emotivas) tentando reforçar seu lado amistoso. Impressionam os quinze derradeiros minutos, que recriam com uma fidelidade arrasadora os últimos momentos de sua vida.

✪✪✪ Fruitvale Station - A Última Parada, de Ryan Coogler (Fruitvale Station, EUA, 2013, 85min). 14 anos. Estreou em 31/1/2014. BH Shopping 1, Boulevard 2, Ponteio 2.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE