Entrevista

Três perguntas para Daniel Oliveira

Ator belo-horizontino lança o filme A Estrada 47 e fala de sua relação com Beagá

Por: Paola Carvalho - Atualizado em

Daniel Oliveira
(Foto: Letícia Almeida/Divulgação)

O ator Daniel Oliveira veio a Belo Horizonte nesta quarta (7) para a pré-estreia do filme A Estrada 47, já vencedor de vários prêmios em 2014, entre eles o Kikito de melhor longa-metragem. O longa, dirigido por Vicente Ferraz, narra a aventura de quatro pracinhas brasileiros que, durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), foram enviados pelo governo do Brasil à Itália, para lutar contra o nazismo e o facismo. Daniel Oliveira interpreta o protagonista Guima, engenheiro do esquadrão de caça-minas. Para fazer o papel, ele conta que buscou inspiração em seu pai, Geraldo Magela Pinto. Veja na entrevista abaixo.

Você morou em Belo Horizonte até os 19 anos, quando mudou-se para o Rio de Janeiro por causa da carreira de ator. Tem algo deste período que podemos reconhecer no filme?

Meu pai era taxista aqui em Beagá e tinha sempre com ele uma medalha de Nossa Senhora Aparecida. Eu levei isso para o meu personagem. Eu o humanizei através do meu pai. Fizemos treinamento de combate em uma mata em Pindamonhangaba (SP) e comecei a usa-la ali. Mas também sou devoto de São Jorge.

Qual é a sua relação com a cidade hoje?

Eu cresci entre os bairros Padre Eustáquio e o Calafate. Hoje o apartamento da minha família é no Cidade Nova. Venho com frequência e fico lá. Na última vez, nas férias dos meus filhos, levei os dois para conhecer o Inhotim, que é sensacional, e também a Gruta de Maquiné, que é uma boa lembrança que tenho da minha infância. E, claro, assistimos ao jogo do Galo no estádio.

Você é um atleticano fanático?

Como não ser? O Galo é um time que mexe muito com a gente. Ano passado, gritei muito com a Libertadores e tive a honra de beijar a taça. Depois fui me acostumando... vieram a Copa do Brasil, a Recopa, agora o Mineiro. Eu acredito! E meu filhos, claro, não poderiam ser diferentes. 

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE