Crianças

Branca de Neve e os Sete Anões ganha montagem cheia de efeitos especiais

Clássico será encenado no Palácio das Artes com ventanias e até cheiros diferentes

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Paula Canterini
(Foto: Redação VejaBH)

Márcio Yáccof e Vanessa Ruiz: o casal lidera um elenco de 27 atores e bailarinos

O enredo é o mesmo que inspirou a clássica animação dos estúdios Disney em 1937. Mas desta vez a história da bela jovem que come a maçã envenenada será contada com a ajuda de telões gigantes, ilusionismo e até efeitos em 4D. Na sexta (5), estreia em Belo Horizonte o espetáculo Branca de Neve e os Sete Anões, superprodução nacional que já levou cerca de 250 000 crianças e adultos ao teatro.

O produtor e diretor da peça, o italiano Billy Bond, explica que se trata de um family show, ou seja, uma produção caprichada feita para encantar as crianças e prender a atenção dos pais. São 27 atores e bailarinos, 35 trocas de cenários, cerca de 180 figurinos e 22 canções executadas ao vivo e em português. Recheada de recursos tecnológicos, a adaptação ainda conta com pequenas explosões, fumaça branca, truques de ilusionismo, como a levitação da bruxa malvada, e telões que projetam, por exemplo, a figura do espelho mágico. A novidade fica por conta dos chamados efeitos 4D, que causam ventanias e até exalam cheiros. Óculos 3D são distribuídos para a garotada acompanhar algumas cenas. O espetáculo tem quase duas horas de duração e é dividido por um intervalo de dez minutos.

Branca de Neve e os Sete Anões (115min). Livre. Grande Teatro do Palácio das Artes (1705 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Sexta (5), 21h; sábado (6), 19h; e domingo (7), 18h. R$ 90,00 a R$ 150,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC. www.fcs.mg.gov.br.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE