Crianças

Cia. Truks apresenta o espetáculo Zôo-Ilógico no domingo (12)

Companhia paulista traz mais um elogiado espetáculo para única apresentação no Teatro Bradesco

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

Henrique Sitchin e Gabriel Sitchin: a dupla cria e manipula os bichinhos

Avaliação ✪✪✪

Além de A Bruxinha, em cartaz neste domingo (5), a prestigiada trupe paulista de teatro de bonecos apresenta o espetáculo Zôo-Ilógico, no domingo (12). O enredo conta a história de dois amigos que decidem fazer um piquenique no zoo­lógico mas encontram os portões fechados. Sem desanimarem, eles resolvem inventar o próprio time de bichinhos. Utilizando objetos simples do cotidiano, como bules, espanadores, colheres e garrafas, os personagens dão vida a várias criaturas engraçadas e nonsense. A ideia é mostrar para a garotada que ser criativo é mais simples do que se pensa. A direção é de Verônica Gerchman. (50min). Rec. a partir de 3 anos.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1360. → Domingo (12), 16h. R$ 10,00. Bilheteria: segunda a sábado, 12h às 21h; domingo, 12h às 19h.

Cotações | Péssimo ← | Fraco ✪ | Regular ✪✪ | Bom ✪✪✪ | Muito bom ✪✪✪✪ | Excelente ✪✪✪✪✪

Crianças: programação para os dias 04 a 10 de maio

› CINEMA

✪✪✪ Os Croods

Cópias dubladas.

› ESPECIAL

Exposição Giramundo

Trinta e três bonecos do acervo da companhia estão expostos no Memorial Minas Gerais — Vale. Os personagens, que integraram as peças A Bela Adormecida, Giz e Pastorinhas, vão despertar a curiosidade da criançada e impressioná-la ora pelo tamanho monumental, ora por detalhes engraçados da caracterização. Livre.

Memorial Minas Gerais - Vale. Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários (esquina com a Rua Gonçalves Dias), ☎ 3343-7317. → Terça, quarta, sexta e sábado, 10h às 17h30; quinta, 10h às 21h30; domingo, 10h às 15h30. Grátis. Até este domingo (5).

Nova Atração do Parque Guanabara

Monga, a mulher-macaco, apresenta uma versão mais moderna de seu horripilante show. Exibido em circos e freak shows de todo o mundo, o jogo de espelhos que transforma uma linda moça em um macaco ainda assusta e diverte muita gente. O Parque Guanabara já contava com Monga em seu elenco, mas a atração sofreu mudanças. Depois de assistir a um vídeo de cinco minutos, o público é convidado a seguir para o segundo ambiente, um laboratório onde a jovem sofrerá a tão aguardada transformação. Crianças com menos de 7 anos só entram com acompanhante adulto.

Parque Guanabara. Avenida Doutor Otacílio Negrão Lima, 3333, Pampulha, ☎ 3439-7300. Quinta a domingo e feriados, 15h às 21h. R$ 8,00 (apenas para a atração O Mistério da Monga).

Livraria Corre Cutia

Além de apresentar uma cuidadosa seleção de livros, o espaço tem uma boa brinquedoteca e oferece atividades para as crianças todos os fins de semana. No sábado (11), das 10h30 às 11h30, o projeto Corre, Vem Ouvir Histórias! traz a contadora Aline Chuchu e o músico Túlio. O evento é gratuito, mas é necessário confirmar a inscrição por telefone até sexta (10).

Livraria Corre Cutia. Rua Outono, 579, Cruzeiro, ☎ 2516-0883. Sábado (11), 10h30 às 11h30. Grátis.

Oficinas na Ora Bolinhas

A loja de roupas infantis que fica no São Pedro oferece oficinas variadas nos fins de semana. No sábado (11), crianças de 4 a 8 anos vão aprender a bordar o próprio monograma. A supervisão será da escola de artesanato Maria Arte & Ofício. É necessário fazer inscrição pelo telefone.

Ora Bolinhas. Rua Raul Pompeia, 94, São Pedro, ☎ 3282-5349. Sábado (11), 11h às 12h. R$ 35,00.

Play City

Roda-gigante, montanha-russa, carrossel e carrinhos de bate-bate costumam agradar a crianças de todas as idades. Para os menorzinhos, o Parque Play City oferece opções menos radicais, como o Trenzinho Minhoca, o Trenzinho de Máquinas e os aviõezinhos em forma de bichos.

Estacionamento do Shopping Del Rey ☎ 4103-4544. Terça a sexta-feira, 17h às 22h; sábado, domingo e feriados, 15h às 22h. R$ 50,00 (ter. a sex.), R$ 60,00 (sáb., dom. e feriados). Crianças até 14 anos pagam meia-entrada. Bilheteria: 17h às 22h (ter. a sex.), 15h às 22h (sáb., dom. e feriados). Cd: V, M. Até 30 de julho.

› MUSEUS

Museu das Minas e do Metal

O espaço, que integra o Circuito Cultural da Praça da Liberdade, guarda o acervo do Museu de Mineralogia Djalma Guimarães e uma exposição permanente que conta a história da mineração no país. As instalações são quase todas interativas e multimídia. Crianças de todas as idades aprendem sobre a composição dos metais, a extração de pedras preciosas e a história de grandes cientistas. Um dos espaços mais divertidos fica no 2º andar: trata-se de uma espécie de cabine que calcula a quantidade de minerais nos ossos, no sangue e em todo o corpo do visitante. Na recepção do museu, é possível adquirir gratuitamente o Passaporte MMM. O "documento" é inspirado nas viagens de dom Pedro II pelo Brasil e recebe um carimbo a cada atração visitada dentro da instituição. No fim do passeio, o visitante ganha o título de "viajeiro" e ganha de lembrança uma cartinha de saudações do último imperador do Brasil.

Museu das Minas e do Metal. Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários (Prédio Rosa), ☎ 3516-7200. → Terça a domingo, 12h às 17h (R$ 6,00); quinta, 12h às 21h (grátis). Cd: V e M.

Museu das Telecomunicações

Esta dica é boa para a meninada que não se desgruda do celular nem do computador. Os pequenos que nunca viram um telefone de disco vão se divertir ao conhecer os avós dos smartphones. Em exposição permanente no Oi Futuro e recém-reformado, o Museu das Telecomunicações traz exemplares originais de antigos telégrafos, telefones, computadores e outros aparelhos eletrônicos. A maioria das peças e instalações tem recursos interativos que costumam prender a atenção das crianças mais antenadinhas.

Museu das Telecomunicações. Avenida Afonso Pena, 4001, Mangabeiras, ☎ 3229-3131 → Terça a domingo, 11h às 17h. Grátis.

› TEATRO

A Bruxinha

Nada de bruxa má. Desta vez, a feiticeira está mais para trapalhona. A Bruxinha, espetáculo que a Cia. Truks apresenta desde 1991, faz única sessão no Teatro Bradesco. Especializado em teatro de bonecos, o elogiado grupo paulistano encena o show de mágica da feiticeira. Entre truques e brincadeiras, surgem novos personagens, como um leão, um dragão e até um admirador secreto da protagonista. Rec. a partir de 3 anos.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1360. → Neste domingo (5), 16h. R$ 10,00. Bilheteria: segunda a sábado, 12h às 21h; domingo, 12h às 19h.

✪✪✪✪ O Rei Careca

Na peça, o jovem monarca Baldônio II vive o drama da calvície. Muito vaidoso, ele mantém em seu palácio um enorme retrato em que aparece ostentando sua vasta cabeleira. Certo dia, porém, acorda com apenas um fio de cabelo. Para reverter o problema, Baldônio convoca os serviços do mágico Cabelibabá, da fada Cabelinda, do pajé Maculebebê e até de uma médica dermatologista. A performance do pajé dura poucos minutos, mas costuma levantar a criançada da cadeira. Depois das tentativas frustradas, o rei começa a perder as esperanças, até ter sua vida transformada pela chegada da princesa Margarida. A direção cuidadosa é do comediante Carlos Nunes, já velho conhecido do público mineiro. A duração é de 60 minutos. Livre.

Teatro Santo Agostinho (368 lugares). Rua Aimorés, 2679, Santo Agostinho, ☎ 2125-6810. → Sábado e domingo, 16h30. Não haverá sessões nos dias 4, 5 e 12 de maio. Até dia 26.

✪✪✪ A Revolta dos Brinquedos

A Trupe de Teatro e Pesquisa, que celebra vinte anos de estrada, reapresenta sua versão musical para um clássico do teatro infantil. Escrito em 1949, o texto conta a história de um grupo de brinquedos que, cansados de ser maltratados, resolvem promover o julgamento de sua dona. O soldadinho de chumbo, a boneca de louça, o mamulengo, o robô, a boneca de pano e o ursinho acabam ensinando uma lição valiosa sobre delicadeza e respeito. Mereciam mais capricho o cenário e a performance vocal dos atores. No entanto, o dinamismo das cenas e as atuações do mamulengo e da boneca preta prendem a atenção da criançada e divertem os pais. (50min). Rec. a partir de 3 anos.

Teatro João Ceschiatti - Palácio das Artes (148 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Sábado e domingo, 16h. R$ 30,00 / R$ 12,00, Postos Sinparc. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h no domingo. Cc: M e V. Cd: M e V. IC. Até domingo (12).

Os Três Porquinhos: Afinal, Quem Tem Medo do Lobo Mau?

A atriz e diretora Joselma Luchini inaugurou no último dia 13 o Espaço Cultural Luchini, no bairro Ouro Preto. O teatro, que ganhou ilustrações do conhecido grafiteiro Deco na fachada, abriu a temporada de espetáculos com a reestreia de Os Três Porquinhos: Afinal, Quem Tem Medo do Lobo Mau?. Desta vez, entra na história o porquinho Super, que nasceu um pouco diferente dos irmãos. Livre.

Espaço Cultural Luchini. Rua Osório de Morais 274, Ouro Preto, ☎ 9983-0600. Sábado e domingo, 17h. R$ 30,00 / R$ 15,00, Postos Sinparc. Até este domingo (5).

Tudo por um Pop Star

+ Musical Tudo por um Pop Star mostra fãs que fazem tudo pelo ídolo

Livre.

Grande Teatro do Sesc Palladium (1 321 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3279-1500 → Sábado (11) e domingo (12), 20h. R$ 60,00 a R$ 80,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: V e M. Cd: V e M. IC.

› Mais perto do céu

Espaço TIM UFMG do Conhecimento ganha novo e mais potente telescópio

O museu, que integra o Circuito Cultural da Praça da Liberdade, tem exposições permanentes que costumam impressionar crianças de todas as idades. O 5º andar abriga os avançados equipamentos do Planetário, que exibem projeções multimídia em sua enorme cúpula. Com o fim da temporada de chuvas, o terraço astronômico voltou a funcionar semanalmente. Outra novidade é a chegada de um telescópio que promete imagens maiores e mais nítidas dos corpos celestes. O coordenador do núcleo de astronomia, Leonardo Marques, avisa que maio e junho são os melhores meses para visualizar o planeta Saturno. As sessões de observação são gratuitas e ocorrem todas as quintas, às 19 e 21 horas.

Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários, ☎ 3409-8350 → Terça a domingo, 10h às 17h (exceto quinta, 10h às 21h). Grátis. www.espacodoconhecimento.org.br.

Confusões de uma baratinha

A clássica história infantil volta a ser encenada pela dupla Jojô e Palito

A protagonista de Dona Baratinha sempre foi muito vaidosa, independente e exigente. Até para escolher o marido ela cria confusão. Enquanto realiza testes para descobrir qual bicho da floresta se encaixa em seu perfil, o malandro Dom Ratão pensa em se candidatar ao posto para ter uma boa vida. A dupla Jojô e Palito, há mais de vinte anos nos palcos da cidade, reconta essa antiga e simpática historinha. Livre.

Teatro da Assembleia (145 lugares). Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho, ☎ 2108-7827 → Sexta, sábado e domingo, 17h. R$ 30,00 / R$15,00, Postos Sinparc. A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo. Até dia 26. A partir de sábado (11).

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE