Expedição Coruja

Zoológico promove passeios divertidos em noites de lua cheia

Com ajuda de tratadores e biólogos, os visitantes conseguem ver de perto animais de hábito noturno

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Breno Pataro
(Foto: Redação VejaBH)

Elefante posa para os visitantes: alguns bichos de hábitos diurnos dão o ar da graça

Muitas crianças (e alguns crescidinhos) ficam frustradas por não conseguir ver certos animais durante uma visita à Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte. Para resolver esse problema, a organização do zoológico promove passeios depois das 19h, de preferência em noites de lua cheia, pensados justamente para coincidir com a hora em que os bichos de hábitos noturnos saem das tocas. Depois de uma pausa para o período de chuvas, a atividade mensal batizada de Expedição Coruja está de volta. Na visita, um grupo de cerca de trinta pessoas pode ver de perto e fotografar (sem flash, claro) o lobo-guará, o tamanduá, a onça, a leoa, o hipopótamo e até alguns animais de hábito diurno que costumam dar o ar da graça, como os elefantes. O passeio dura cerca de 2h30 e é comandado por tratadores e biólogos, que vão explicando as especificidades de cada animal. Antes do passeio, rola um bate-papo e é oferecido um lanchinho. Para se inscrever, basta enviar um e-mail para visitanoturnazoo@pbh.gov.br. Assim que se formar uma turma, a organização do zoológico marca a data e avisa a todos os inscritos. Rec. a partir de 7 anos.

Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte.

Avenida Dr. Otacílio Negrão Lima, 8000, Pampulha, ☎ 3277-7286. Uma vez por mês, 19h às 21h30. R$ 30,00 para crianças entre 7 e 12 anos; R$ 40,00 para maiores de 12 anos.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE