Exposições

Carlos Bracher homenageia Aleijadinho com mostra no Museu das Minas e do Metal

O bicentenário de morte do mestre barroco é celebrado com pinturas inéditas de Bracher e documentário

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Romulo Fialdini
(Foto: Redação VejaBH)

Igreja de São Francisco de Assis de Ouro Preto: uma das setenta obras em cartaz

Em mais um ato que homenageia o bicentenário de morte de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho (1737-1814), o pintor mineiro Carlos Bracher foi convidado para integrar as filmagens do documentário Nos Passos de Aleijadinho. Com depoimentos de autoridades e artistas sobre o ícone do barroco nacional, a fita também acompanhou o trabalho de Bracher na execução de pinturas que recriam cenários por onde o mestre passou. A série Aleijadinho 200 Anos: Tributo de Bracher retrata, por exemplo, a Igreja de São Francisco de Assis, em Ouro Preto, e o conjunto de profetas da Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas. O filme será lançado só em 17 de novembro, mas as telas de Bracher já podem ser vistas a partir de sábado (1º).

Museu das Minas e do Metal. Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários (prédio rosa), ☎ 3516-7200. → Terça a domingo, 12h às 18h; quinta, 12h às 22h. Grátis. Até 23 de novembro. A partir de sábado (1º).

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE