Especial

Especial: programação para os dias 01 a 07 de fevereiro

Por: Júlia Boynard - Atualizado em

Pablo Bernardo
(Foto: Redação VejaBH)

Reunião de blocos na Praça da Estação em agito pré-Carnaval: foliões se preparam para o feriado

CURSOS DE EXTENSÃO. A partir de março, a escola Guignard oferece cursos livres de extensão em artes nos módulos fotografia, aquarela, desenho e pintura. Serão quinze aulas, com sessenta horas de carga horária. Centro de Extensão da Escola Guignard. Rua Ascânio Burlamarque, 540, Mangabeiras. Inscrições no local até 22 de fevereiro, das 10h às 13h e das 14h às 18h. R$ 500,00. Pagamento em dinheiro ou cheque.

FESTIVAL DE VERÃO DA UFMG. A Universidade Federal de Minas Gerais promove a sétima edição do evento, que reúne oficinas em diversas áreas e uma vasta programação cultural com teatro, exibição de filmes e shows. Centro Cultural UFMG. Avenida Santos Dumont, 174, Praça da Estação. Até 12 de fevereiro, em diferentes horários. R$ 20,00 por oficina. Programação completa e inscrições no site www.cursoseeventos.ufmg.br.

SABORES DO MERCADO. Na segunda edição do circuito gastronômico realizado no tradicional Mercado Central, dezesseis estabelecimentos, entre cafés, bares e restaurantes, criam receitas especiais. Mercado Central. Avenida Augusto de Lima, 744, Centro, ☎ 3274 9434. Nestes sábado (2) e domingo (3), das 8h às 13h. Grátis.

PASSEIOS

MUSEU PETER LUND. Bem ao lado da Gruta da Lapinha, o museu é inspirado na trajetória do dinamarquês Peter Lund. O acervo, cedido pelo Museu de História Natural da Dinamarca, reúne fósseis encontrados pelo paleontologista no século XIX durante suas pesquisas naquela região. Estrada Campinho Lapinha, quilômetro 6, Lagoa Santa (a 35 quilômetros de BH), ☎ 3689-8592. De terça a domingo, das 9h às 16h30. R$ 15,00 (com direito a passeio pela Gruta da Lapinha).

SERRO. Os belos monumentos religiosos e o notável conjunto de sobrados fizeram com que a cidade histórica fosse a primeira a ser tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A 230 quilômetros da capital, o pequeno município rodeado de serras, rios e cachoeiras é um bom destino para quem aprecia os turismos histórico e ecológico. Duas das principais atrações são os distritos de Milho Verde e São Gonçalo do Rio das Pedras, paraísos ecológicos já famosos entre os mineiros.

VALE VERDE. No meio de uma reserva natural com 1 300 espécies de pássaros brasileiros exóticos e 30 000 tipos de planta, o parque tem atrações para toda a família. Os pequenos podem se divertir com o passeio de charrete e o pedalinho. Já os pais vão apreciar a visita ao Museu Cultural da Cachaça, onde é contada toda a história da tradicional bebida. Lá também é possível degustar os mais de 2 000 exemplares do alambique. Rua Ary Barbosa da Silva, 950, Vianópolis, Betim (a 42 quilômetros de BH), ☎ 3079-9171. 9h às 17h30 (seg. a sex.); 9h às 18h (sáb., dom. e feriados). R$ 18,00.

CARNAVAL

BLOCO ALCOVA. O já tradicional bloco da Alcova Libertina concentra-se na Praça Duque de Caxias, no bairro Santa Tereza. A farra é embalada por clássicos dos Beatles, Led Zeppelin, Mutantes e Caetano Veloso, tudo em ritmo de Carnaval. Praça Duque de Caxias, s/nº, Santa Tereza. Domingo (10), 17h.

BLOCO ATRÁS DO JACARÉ. Em seu segundo ano de folia, o bloco que faz referência ao jacaré da Lagoa da Pampulha resgata marchinhas de Carnaval e relembra algumas personalidades que marcaram a região. Entre elas, Juscelino Kubitscheck, sua mulher Sarah e o arquiteto Oscar Niemeyer, morto no fim do ano passado. Concentração: Avenida Alfredo Camarate, 279, primeiro quarteirão da Lagoa, Pampulha. Sábado (9), 10h.

BLOCO BAIAN@AS OZAD@AS. Desfilando pela segunda vez no Carnaval belo-horizontino, o grupo de baianos residentes na capital se concentra na Rua da Bahia vestidos à caráter. O batuque é animado por axé music, em especial dos anos 1980 e 1990. Concentração: Rua da Bahia com Gonçalves Dias. Segunda (11), 13h.

BLOCO BEIJO ELÉTRICO. O coletivo Queijo Elétrico desfila pelas ruas da Savassi no pré-Carnaval. A concentração é na Rua Antônio de Albuquerque, mas os confetes se espalham pela Avenida Getúlio Vargas e pela Rua Rio Grande do Norte, em direção à Avenida Afonso Pena. Rua Antônio de Albuquerque, 380, Savassi. Sexta (8), 19h.

BLOCO BEM TE VI. Os bailes de máscaras à moda antiga são relembrados no quarteirão da Fernandes Tourinho, entre Cristóvão Colombo e Pernambuco, com marchinhas clássicas e pitadas de rock e música clássica. Para a folia, foram convidados o multi-instrumentista Chico Amaral, que está à frente da banda Coceira no Bibico, e o DJ Cateb. A festa é incrementada com barraquinhas de comes e bebes. Concentração: Rua Fernandes Tourinho, entre a Avenida Cristóvão Colombo e a Rua Pernambuco, Savassi. Sábado (9), 17h.

BLOCO CACETE DE AGULHA. Os foliões se reúnem há três anos para prestar homenagem a um vídeo que bombou na internet. A farra tem início na Avenida Brasil e segue até a Biblioteca Pública, na Praça da Liberdade. Concentração: Avenida Brasil, 41, Santa Efigênia. Domingo (10), 11h.

BLOCO CHAMA O SÍNDICO. Levados pelo ritmo de Jorge Benjor e Tim Maia, os foliões desfilam duas vezes neste Carnaval. Na quarta (6), os tamborins são esquentados na Praça da Liberdade e seguem para o Viaduto Santa Tereza. A outra apresentação ainda não tem data e local definidos, mas as informações serão divulgadas na página oficial do Facebook: www.facebook.com/chamaosindico. Concentração: Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários. Quarta (6), 18h.

BLOCO DE SEU BENTO À DONA LÚCIA. Com marchinhas de Carnaval e frevo, o agito sai da praça Arcângelo Maletta e vai até a Rua La Place, no bairro Santa Lúcia. Concentração: Praça Arcângelo Maletta, s/nº, Santa Lúcia. Sábado (9), 12h.

BLOCO DU SEU PAI E FILHOS DE GABY. Em seu primeiro ano nas ruas, o bloco desfila por Santa Tereza a malandragem e o samba no pé. Os homens saem de bigode e as mulheres ornamentadas com acessórios de onças, paetês e cores. Concentração: Rua Pirité, 137, Santa Tereza. Segunda (11), 14h.

BLOCO ENTÃO, BRILHA!. O centro da capital é animado pelos foliões que já estão há três anos no Carnaval belo-horizontino. Com muito brilho, a turma se concentra na Rua Guaicurus. Rua Guaicurus, 660, Centro. Sábado (9), 9h.

BLOCO ESTABELEÇA. Os clientes do bar Estabelecimento, na Serra, fizeram uma marchinha em homenagem ao dono. O bloco cresceu e, neste ano, homenageia diversos pontos do tradicional bairro da Zona Sul. Canções do rock e do pop entram no repertório em ritmo de samba. Concentração: Rua Monte Alegre, 160, Serra. Neste domingo (3), 15h.

BLOCO JOÃO CARECA. A concentração é na Praça JK e os foliões saem arrastando marchinhas de Carnaval e confetes pelo bairro Sion. Concentração: Avenida Bandeirantes, s/nº, Sion. Segunda (11), 15h.

BLOCO PASSA NA MATÉRIA. A concentração é na Rua Ouro Preto, no bairro Santo Agostinho. De lá, os foliões partem para a Rua Rodrigues Caldas rumo à Assembleia Legislativa, onde realizam performances. Depois, seguem pela Avenida Olegário Maciel e encerram a festa no bar Balaio de Gato. Concentração: Rua Ouro Preto, 1421, Santo Agostinho. Grátis. Neste domingo (3), 13h.

BLOCO POP CORN. Direcionado ao público GLS, os carnavalescos se reúnem na feirinha do Colégio Arnaldo, no bairro Funcionários, e seguem até o final da Avenida Bernardo Monteiro. Para animar o público, foram convidados o DJ Thiago Araújo, residente da boate The Week Rio, e a apresentadora Kayete. Avenida Bernardo Monteiro, feira do Colégio Arnaldo, Funcionários. Neste domingo (3), 13h.

BLOCO ROLA MOÇA. O bloco vai às ruas em dois dias diferentes. Na quarta (6), os carnavalescos saem da Praça José A. de Moura e vão até o restaurante popular do Barreiro. No domingo (10), percorrem o bairro Santa Tereza saindo da Praça Duque de Caxias. Concentração: Praça José A. de Moura, Barreiro. Quarta (6), 17h. Concentração: Praça Duque de Caxias, s/nº, Santa Tereza. Domingo (10), 11h.

BLOCO A SANTÊ E OS INOCENTES. A turma desfila neste sábado (2) e no domingo (10) pelas ruas de Santa Tereza. A concentração é na Rua Grafito, com passagem pelas ruas Mármore, Quimberlita, Norita, Salinas e Ângelo Rabelo. O ápice é a tradicional Praça Duque de Caxias. Rua Grafito, Santa Tereza. Neste sábado (2) e no domingo (10), 13h.

BLOCO PÃO MOLHADO. Com a participação da charanga do Atlético, os carnavalescos batucam marchinhas de Carnaval e sambas pelo bairro Carlos Prates. Concentração: Rua Valença, 167, Carlos Prates. Neste domingo (3), 10h.

CARNAVAL ABRE-ALAS. O Sesc transforma a Serraria Souza Pinto em passarela do samba com o desfile de vinte grupos de idosos de dezesseis municípios mineiros. A 13ª edição do evento segue com a Bateria Nota 10 e diversos DJs. Serraria Souza Pinto. Avenida Assis Chateaubriand, 809, Floresta, ☎ 3279-1500. Quarta (6), das 15h às 22h. Doação de dois quilos de alimento não perecível.

CARNAVAL DE OURO PRETO. Leia em Veja BH Recomenda. De sábado (9) a terça (12), a partir das 8h. Em dias e locais diferentes. Informações no site www.skol.com.br/folia.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE