Exposições

Na exposição Agência Humble - Capitalizando Segredos, é permitido tocar na obra

Mostra interativa na Funarte mistura instalações, arte digital, cinema e performance

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Alastair Eilbeck
(Foto: Redação VejaBH)

As instalações Cabine Intimatron (à esq.) e Táxi do Carnaval: ritual de visitação

Esta é para quem gosta de interagir com as obras de arte. Mas interagir muito. Em cartaz na Funarte até 15 de julho, a mostra Agência Humble - Capitalizando Segredos reúne trabalhos conjuntos da companhia anglo-brasileira de teatro e arte digital Zecora Ura e dos videoartistas brasileiros Eder Santos, Henrique Roscoe e Fabiano Fonseca. A visitação tem um ritual. Grupos de cinco pessoas são conduzidos por atores e performers a três instalações que discutem ícones da identidade cultural brasileira (táxis, cabines telefônicas e altares com imagens sacras). A ideia é que os espectadores partilhem opiniões e experiências e que, durante a fruição conjunta da exposição, se crie uma espécie de comunidade temporária. Tímidos, corram.

Funarte - Galpão 5. Rua Januária, 68, Floresta, ☎ 3213-7112. Todos os dias, 13h às 17h. Grátis. Até 15 de julho.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE