Exposições

O circo de cores

Yara Tupynambá apresenta gravuras, pinturas e um grande painel no Teatro da Cidade

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Júlio Hübner
(Foto: Redação VejaBH)

Ao lado de Bax, Amilcar de Castro e Álvaro Apocalypse, Yara Tupynambá foi uma das discípulas mais famosas de Alberto da Veiga Guignard (1896-1962). Considerada um dos grandes nomes da arte moderna brasileira, a artista completou 80 anos recentemente e segue ativa em sua produção.

Agora, ela exibe trabalhos inéditos na Pequena Galeria do Teatro da Cidade na mostra Yara Tupynambá - Pinturas e Gravuras. São dez pinturas e sete gravuras que apresentam o traço moderno e as cores vibrantes típicas de sua obra. Ela inaugura também um grande painel pintado especialmente para o hall do Teatro da Cidade. O mural e as pinturas têm como tema o circo. Para desenvolver a série, ela fez uma cuidadosa pesquisa sobre os elementos e os movimentos de artistas circenses. Mais conhecida por seu trabalho como muralista, Yara tem obras em vários prédios públicos da cidade. A Assembleia Legislativa abriga Do Descobrimento ao Ciclo do Café; a Câmara Municipal exibe o painel Belo Horizonte: do Século XVIII ao Século XXI; e, no hall de entrada da reitoria da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), está Inconfidência Mineira. R$ 2 500,00 a R$ 7 000,00.

Yara Tupynambá - Pinturas e Gravuras. Pequena Galeria do Teatro da Cidade. Rua da Bahia, 1341, Centro, ☎ 3273-1050. Segunda a sexta, 14h às 19h; sábados e domingos, 16h às 21h. Grátis. Até dia 17.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE