Arte

Exquisite Clock transforma cotidiano em relógio

Projeto em exibição na Praça da Liberdade marca tempo com imagens enviadas por internautas

Por: João Renato Faria - Atualizado em

Pedro Furtado
(Foto: Redação VejaBH)

Quem passou pela Praça da Liberdade nas últimas semanas com certeza se deparou com uma sequência de imagens projetadas no prédio do Espaço Tim UFMG do Conhecimento. Pode não parecer, mas as fotos de mãos, números e objetos que estão em exibição desde março são, na verdade, um relógio.

Batizado de Exquisite Clock, o inusitado marcador de horas é um projeto do artista belo-horizontino João Wilbert, atualmente radicado em Londres. A ideia é transformar números observados no cotidiano em um relógio digital que combina arte e interatividade para exibir horas, minutos e segundos.

No início, quem observa o Exquisite Clock tem de prestar bastante atenção para entender que horas são. Mas bastam alguns minutos para entender com funciona a brincadeira. Grande parte das fotos mostra objetos no formato de algarismos. Outros são mais subjetivos e exibem uma quantidade de coisas como pedras, moedas e garrafas correspondentes ao numeral. Os menos ousados simplesmente usam as mãos para mostrar um número.

O banco de imagens é alimentado pelos próprios espectadores do projeto e é aberto para quem quiser participar. Os entusiastas da ideia registram os números e depois enviam, pela internet, através do site www.exquisiteclock.org ou por um aplicativo de iPhone. Esta é a primeira vez que a arte é exposta na rua. Antes de chegar a BH, o projeto passou por galerias de cidades como Milão, Paris, Londres e Nova York.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE