Exposições

Fotógrafo mineiro Juvenal Pereira ganha a primeira individual em Belo Horizonte

Mostra reúne 4 000 trabalhos, entre texturas, paisagens e fotos de artistas como Raul Seixas e Miles Davis

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Juvenal Pereira/Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

Raul Seixas: o cantor e compositor protagonizou um ensaio descontraído em 1988

Como fotojornalista, o mineiro Juvenal Pereira sustenta um portfólio cheio de curiosidades e registros históricos. Nascido na pequena cidade de Água Suja, hoje chamada de Romaria, ele começou a carreira como freelancer na sucursal da revista O Cruzeiro em Belo Horizonte, na década de 70. A partir de então, viajou e retratou diversos eventos e cenários brasileiros, como comunidades indígenas da Amazônia e de Mato Grosso, e uma série de personalidades nacionais. Em 1971, por exemplo, foi contratado para fotografar Milton Nascimento, Fernando Brant, Lô e Márcio Borges em Diamantina. O ensaio saiu melhor que o previsto, já que, pelas ruas da cidade histórica, eles se encontraram com Juscelino Kubitschek. O ex-presidente se juntou ao grupo em uma imagem histórica, instalada logo na entrada da exposição individual do fotógrafo, que estreia na terça (14).

O espaço CentoeQuatro abriga até o dia 9 de setembro a primeira mostra de Pereira em Minas Gerais. Parte da 2ª Semana da Fotografia em Belo Horizonte, a exposição Poeta da Luz traz cerca de 4 000 imagens. Em um painel metálico imantado foram fixadas 3 900 delas, formando um grande mosaico chamado Mimetismo. As outras cerca de oitenta fotos estão divididas por temas. São texturas e paisagens naturais, festas tradicionais, como o Tambor de Crioula do Maranhão e os rituais de indígenas mato-grossenses, e uma curiosa série de retratos de artistas, a exemplo de Raul Seixas, Lobão, Cauby Peixoto e o trompetista americano Miles Davis. Uma instalação em homenagem ao Rio São Francisco completa a retrospectiva dos quarenta anos da carreira do artista.

Juvenal Pereira. CentoeQuatro. Praça Ruy Barbosa, 104, Centro, ☎ 3222-6457. Todos os dias, 17h às 22h. Grátis. Até 9 de setembro. A partir de terça (14).

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE