Exposições

Premiado fotógrafo mineiro Pedro David exibe três séries no Museu Mineiro

Trabalhos surgiram a partir de momentos difíceis de sua vida pessoal

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

2384_exposicao01.jpg
(Foto: Redação VejaBH)
Imagem da série Coisas Caem do Céu: em cartaz a partir de sexta (1º de agosto)

Em 2008, Pedro David começou uma busca por apartamentos para alugar em Belo Horizonte. A visita a lugares que pertenceram a desconhecidos angustiava o fotógrafo, que procurava sem sucesso o próprio lar. Ele resolveu então registrar detalhes, fachadas e interiores dessas casas. Na edição, deparou com uma sequência de fotos das paredes nuas e coloridas por diferentes níveis de luminosidade, uma metáfora para os diversos tipos de solidão do homem urbano. Daí nasceu a série Alu­ga-se. Uma vez instalado em um imóvel, Pedro começou a se incomodar com lixos e objetos que simpáticos vizinhos descartavam em seu quintal e os registrou no trabalho Coisas Caem do Céu. Em 2010, com a morte da mãe, na série Última Morada, o artista fez uma espécie de catálogo dos pertences que ela havia deixado. Os três conjuntos formam a mostra Fase Catarse, cujo título deixa clara a importância da fotografia para os desafios pessoais de Pedro David.

Museu Mineiro — Sala de Exposições Temporárias

Avenida João Pinheiro, 342, Lourdes, ☎ 3269-1103. Terça, quarta e sexta, 10h às 19h; quinta, 12h às 21h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. Até 31 de agosto. A partir de sexta (1º de agosto).

Confira galeria de fotos aqui

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE