Exposições

Mário Zavagli exibe individual no Minas Tênis Clube

O experiente artista mineiro vai exibir 36 aquarelas e gravuras

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação VejaBH)

Cachoeira Sentinela, Remanso: paisagens à moda dos mestres do século XIX

Numa época em que quase toda mancha de tinta ganha status de arte, pode ser esclarecedor apreciar um pintor à moda antiga. O mineiro Mário Zavagli, experiente gravurista e professor da Escola de Belas Artes da UFMG, ganha individual na galeria do Minas Tênis Clube, a partir de quarta (18). Serão exibidas 26 gravuras e dez aquarelas que retratam cenários bucólicos da Serra da Mantiqueira e da cadeia do Espinhaço, além das belezas naturais de Moeda, Muzambinho, Diamantina, Ouro Preto e Guaxupé, cidade natal do autor. Em obras de grande formato e de notável primor técnico, Zavagli homenageia o trabalho de pintores europeus, como o alemão Rugendas (1802-1858) e o francês Debret (1768-1848), que excursionaram pelo Brasil durante o século XIX para catalogar animais, plantas, rios e montanhas do país.

Galeria de Arte do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1027. → Terça a sábado, 10h às 20h; domingo, 11h às 19h. Grátis. Até 14 de junho. 

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE