Exposições

Mostra 'Ainda: O Livro como Performance' reúne 50 peças no Museu de Arte da Pampulha

Destaque vai para as fotografias de Lenora de Barros

Por: Raíssa Pena - Atualizado em

Reprodução
(Foto: Redação VejaBH)

Fac-Símile (1979), de Artur Barrio: experimentações artísticas

Avaliação ✪✪✪

O título da exposição realmente não é muito convidativo. Não se trata de uma mostra de obras de arte convencionais nem há quadros com paisagens naturais e paletas de cor harmoniosas para contemplar. Foram selecionados pelo curador, o professor da UFMG Amir Cadôr, cerca de cinquenta livros de artista. São chamadas assim as publicações que podem conter textos literários, desenhos, poesias, colagens, fotografias e quaisquer outras experimentações plásticas que exprimam sua identidade, ideia ou processo criativo. Com a exposição, no entanto, Amir propõe que esses livros, além de obras prontas, sejam manuais de instrução para a realização de performances. O destaque vai para as fotografias da conhecida artista paulista Lenora de Barros que foram agrupadas na seção "Performances para a câmera".

Museu de Arte da Pampulha. Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16585, Pampulha, ☎ 3277-7946. Terça a domingo, 9h às 19h. Grátis. Até domingo (13).

Cotações | Péssimo ← | Fraco ✪ | Regular ✪✪ | Bom ✪✪✪ | Muito bom ✪✪✪✪ | Excelente ✪✪✪✪✪

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE