Restaurantes

Do lado de cá do Atlântico

O espanhol A Fuego Lento, no Vale do Sereno, tem nas paellas seu principal trunfo

Por: Augusto Franco - Atualizado em

Odin
(Foto: Redação VejaBH)

Depois de morar dezesseis anos em Valência, na Espanha, a mineira filha de espanhóis Carmen Pepita Sunsi resolveu cruzar o Atlântico de volta, trazendo a experiência do estabelecimento que a família mantinha na Península Ibérica. O resultado da mudança pode ser conferido no A Fuego Lento, localizado em uma rua escondida nos fundos do Bairro Vale do Sereno, em Nova Lima. Antes de sair de casa, é prudente consultar um mapa. De segunda a quinta-feira, o restaurante só funciona com almoço executivo e oferece pratos como almôndegas com lula (R$ 24,00) ou costelas ao mel (R$ 26,00). Nas noites de sexta e aos sábados, as melhores pedidas são as paellas e arrozes espanhóis.

No ambiente simples, surpreendem a porção de anéis de lula empanados (R$ 22,00), crocantes e grandes, e o tigres de mejillones, mexilhões empanados servidos na própria casca (R$ 15,00, com seis unidades). A paella de frutos do mar (de R$ 36,00 para uma pessoa a R$ 216,00 para seis) chegou à mesa com camarões grandes, anéis de lula generosos, mexilhões e pedaços de filé de peixe-branco, todos no ponto certo de cocção. Com pedaços de frango e coelho, a mista custa R$ 38,00 e não está disponível todos os dias. A carta de vinhos tem cerca de trinta rótulos, em sua maioria espanhóis, caso do Artero Macabeo 2010 (R$ 58,00), branco de gosto frutado. Ponto negativo para a sobremesa. O creme catalana (R$ 11,00), uma versão ibérica do creme brûlé, tinha a crosta queimada além da conta no dia da visita.

A Fuego Lento. Rua Jequitibá, 50, Vale do Sereno, Nova Lima. ☎ 3213-2184. 12h/16h (sex. 12h/16h e 18h/0h; sáb 12h/0h; fecha dom.). Cc.: todos; Cd.: todos. ④ Aberto em 2012. $$

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE