Veja BH recomenda

O melhor da semana: 04 de novembro

- Atualizado em

Segunda, 04 de novembro Nelson Freire

É um dos mais respeitados pianistas do mundo e suas interpretações impecáveis e emocionantes de Chopin (1810-1849) tornaram-no uma referência unânime quando se fala do compositor polonês. Neste programa, no entanto, ele reservou não apenas peças do gênio romântico. Brahms (1833-1897), Prokofiev (1891-1953), Enrique Granados (1867-1916) e duas obras de Bach (1685-1750): Coral da Cantata 147 (Jesus Alegria dos Homens) e Prelúdio para Órgão em Sol Menor completam a lista. Trata-se de uma rara oportunidade para o público belo-horizontino apreciar a performance do mineiro que, aos 14 anos, foi visto pelo então presidente Juscelino Kubitschek em uma apresentação no Rio que o ajudou a ganhar uma bolsa de estudos em Viena. Uma pena que os ingressos tenham se esgotado. Livre.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1027. Segunda (4), 20h. R$ 60,00. Ingressos esgotados. Bilheteria: 12h/21h (seg. a sex.); 12h/20h (sáb.); 12h/19h no domingo.

Prata da Casa

Os músicos Nívea Raf (soprano), Adriano Lopes (piano), Javer Gomes (clarinete) e Renan Moreira (violoncelo) interpretam Domitila, peça de João Guilherme Ripper baseada nas cartas trocadas entre dom Pedro I a marquesa de Santos. Livre.

Conservatório UFMG (220 lugares). Avenida Afonso Pena, 1534, Centro, ☎ 3409-8347. Segunda (4), 19h30. Grátis. www.ufmg.br/conservatorio.

Segunda Musical

Obras compostas por Fernando Sor, Bach, Villa-Lobos, Luis de Narváez, Francisco Tárrrega e Ary Barroso são defendidas pelo violonista Celso Faria, especialista em práticas interpretativas da música brasileira e mestre em performance musical. Livre.

Teatro da Assembleia (145 lugares). Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho, ☎ 2108-7826. Segunda (4), 20h. R$ 1,00. A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE