Veja BH recomenda

O melhor da semana: 08 de novembro

- Atualizado em

Sexta, 08 de novembro Rodrigo Amarante

Ao contrário de Marcelo Camelo, que se lançou em uma carreira-solo logo que o Los Hermanos acabou, Rodrigo Amarante demorou a se assumir sozinho. Precisou de uma temporada com a banda Little Joy e um autoexílio em Los Angeles - que já dura quatro anos - para criar Cavalo, disco com onze faixas cantadas em português, inglês e francês, lançado há pouco mais de um mês. Na obra, o músico mostra um lado minimalista e melancólico pouco familiar aos fãs do seu antigo grupo. Portanto, quem for ao Granfinos na sexta (8) esperando a catarse coletiva que embalava os shows do Los Hermanos vai se surpreender. Mesmo com a presença do baterista Rodrigo Barba na banda, o foco são as canções do novo disco, e isso se refletirá nas apresentações, que serão mais intimistas e contemplativas. 18 anos.

Granfinos (800 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Sexta (8), 23h. R$ 70,00 a R$ 120,00. Cd: M e V. www.sympla.com.br/granfinos.

✪✪✪ As Origens do Fotojornalismo no Brasil: um Olhar sobre O Cruzeiro (1940-1960)

O semanário, que circulou de 1928 a 1975, marcou a memória dos brasileiros e influenciou a maneira de fazer jornalismo impresso no país. Talvez a mais importante inovação do veículo tenha sido permitir que os ensaios fotográficos dividissem o protagonismo da página com o texto. Em mostra organizada pelo Instituto Moreira Salles, estão expostas cerca de 400 imagens, que retratam desde as incursões indígenas dos irmãos Villas Bôas até a vida privada de Carmen Miranda. Vale a pena subir ao mezanino para ver de perto três câmeras fotográficas usadas entre as décadas de 20 e 50 e a famosa reportagem de 1952 sobre a viagem de Guimarães Rosa pelo sertão mineiro.

Centro de Arte Contemporânea e Fotografia. Avenida Afonso Pena, 737 (Praça Sete), Centro, ☎ 3236-7400. Terça a sábado, 9h30 às 21h; domingo, 16h às 21h. Grátis. Até dia 17.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE