Veja BH recomenda

O melhor da semana: 14 de setembro

- Atualizado em

Sábado, 14 de setembro Virada Cultural

Após muita expectativa, Belo Horizonte finalmente terá a sua versão do evento que é realizado há nove anos em São Paulo. Serão 24 horas de shows, espetáculos cênicos, exposições e debates espalhados pela cidade. São cerca de 440 atrações, em sua maioria musicais, que começarão na tarde de sábado (14), atravessarão a madrugada e só terminarão no fim do domingo (15). Para uma programação tão farta, vários palcos serão montados em espaços públicos da capital, centros culturais e locais privados. Apesar de a Virada Cultural ser essencialmente gratuita, vale ficar atento, já que o acesso a alguns dos espaços fechados, como o Palácio das Artes e o Mercado das Borboletas, é pago. A Praça da Estação receberá algumas das atrações mais esperadas, como o Pato Fu, a cantora Elba Ramalho, que se apresenta com a Orquestra Sinfônica Arte Viva, e a tradicional Vesperata de Diamantina. A alguns quarteirões de distância, o Parque Municipal terá nomes como Falcatrua, Célio Balona e Chico Amaral. O Viaduto Santa Tereza contará com destaques da cena independente, como Pequena Morte, Zimun, Dead Lover's Twisted Heart, Iconili e Frito na Hora. A Praça da Liberdade contará com Happy Feet Jazz Band, Quarteto Cobra Coral e Túlio Mourão. Na Rua Rio de Janeiro, em frente ao Sesc Palladium, chama atenção a presença de Karina Buhr. Elza Soares e Otto são destaque no Mercado das Borboletas, enquanto Wagner Tiso e o Som Imaginário se apresentam no Palácio das Artes.

Entre sábado (14) e domingo (15). Vários endereços. Grátis. Confira a programação completa em www.vejabh.com.br.

Erasmo Carlos

No sábado (14), o cantor sobe ao palco do Grande Teatro do Palácio das Artes para apresentar o show Sexo & Rock'n'Roll. Os cinquenta anos de estrada produziram um belo repertório de sucessos que não deverão faltar na noite, como Minha Fama de Mau, Festa de Arromba e Sou uma Criança, Não Entendo Nada. Além dos hits, o cantor deverá apresentar músicas dos seus dois discos mais recentes (que dão nome à turnê), como Kamasutra e Jogo Sujo.

Grande Teatro do Palácio das Artes (1 750 pessoas). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Sábado (14), 21h. R$ 140,00 a R$ 180,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. www.fcs.mg.gov.br.

Nando Reis

O ruivo volta a BH para apresentar as músicas do seu disco mais recente, Sei, lançado em 2012 apenas na internet. Acompanhado da banda Os Infernais, ele executa novidades como Pré-Sal, Back in Vânia e Declaração de Amor, que foram produzidas — assim como todo o álbum - por Jack Endino, famoso por seu trabalho com o Nirvana e o Soundgarden. 14 anos.

Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 4003-5588. Sábado (14), 22h. R$ 100,00 a R$ 120,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE