Shows

Alcione lança disco com sambas inéditos e animados no Chevrolet Hall

Ícone da canção da dor de cotovelo, cantora revela lado musical animado no sábado (13)

Por: Rafael Rocha - Atualizado em

Marcos Hermes
(Foto: Redação VejaBH)

A sambista: disco de inéditas e parcerias com autores consagrados

Ela ficou conhecida por uma série de músicas que viraram hinos da dor de cotovelo, como Você Me Vira a Cabeça, Meu Ébano, Estranha Loucura, Garoto Maroto, Corpo Fechado, Qualquer Dia Desses, Metade de Mim, entre tantas outras. Felizmente, Alcione, a Marrom, apresenta agora um álbum de inéditas recheado de sambas de estilos variados. Batizado de Eterna Alegria, o disco tem partido-alto, samba de terreiro, samba de gafieira, samba-rock e samba-canção. Competentes compositores fizeram músicas para a sambista, entre eles Djavan, Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e Francis Hime. A canção Amor Surreal caiu na boca do povo ao fazer parte da trilha sonora da novela Salve Jorge, da Rede Globo. 16 anos.

Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Sábado (13), 22h. R$ 70,00 (arquibancada) a R$ 400,00 (mesa com quatro lugares). Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

Shows: programação de shows para os dias 06 a 12 de julho

All You Need Is Love

Tudo na apresentação deste grupo lembra muito os Beatles. Renato Almeida, por exemplo, toca com os ombros levantados, como Ringo Starr fazia. César Kiles teve de aprender a tocar baixo com a mão esquerda, como Paul McCartney. Eles juram que os instrumentos e até a estatura deles são exatamente iguais aos de cada um dos músicos imitados. Este show é dividido em três partes. Na primeira, o palco se transforma numa espécie de Cavern Club. Em seguida, aparecem os maiores sucessos de 1963 a 1966. No fim da apresentação são interpretados clássicos do período entre 1968 e 1970. 14 anos.

Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Neste sábado (6), 22h. R$ 60,00 (pista/arquibancada) a R$ 400,00 (mesa para quatro lugares). Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

Armandinho

+ Em show, Armandinho mostra virtuose no domínio da guitarra baiana. Livre.

Praça Floriano Peixoto, s/nº, Santa Efigênia, ☎ 3222-5271. Sexta (12), 20h. Grátis.

Big Noize

Só fera participa deste grupo. Em sua formação aparecem o célebre vocal de Sebastian Bach, ex-integrante da banda Skid Row; a bateria de Vinny Apice, integrante do lendário Black Sabbath, os pais do heavy metal; o baixo de Phill Soussan, que já tocou com Ozzy Osbourne, e a guitarra nervosa de George Lynch, fundador do Dokken. Juntos, os metaleiros apresentam os principais clássicos das bandas em que fizeram fama. 18 anos.

Music Hall. Avenida do Contorno, 3239, Santa Efigênia, ☎ 3209-0505. Domingo (14), 20h. R$ 200,00 a R$ 300,00. Ingressos à venda nas lojas Chilli Beans, loja Power Slave (Galeria do Rock da Praça Sete) e loja Túnel do Rock (Galeria Tratex, em frente ao Shopping Cidade).

Bonde do Tigrão

Meio esquecidos pela mídia, os meninos funqueiros são uma das atrações da série de shows que representam o ritmo carioca durante a Temporada Funk for You, promovida sempre às terças-feiras pela casa noturna instalada no Santa Lúcia. Aos doze anos de carreira, a trupe traz a turnê A Fera Voltou. 18 anos.

Swingers Lound. Avenida Raja Gabáglia, 4811, ☎ 3293-6631, Santa Lúcia. Terça (9), 22h. R$ 40,00 (mulheres) a R$ 80,00 (homens).

Capim Seco

O grupo é formado pelo septeto Michelle Andreazzi (voz), Gabriel Goulart (violão de sete cordas), Luiz Lobo (bateria), Tiago Ramos (sax), Fábio Martins (percussão), Alexis Martins (baixo) e Juventino Dias (trompete). Exibem repertório do álbum Semba, que se debruça sobre o samba, mas resvala em outros ritmos, como baião, ciranda, congado mineiro, jazz e até um tantinho de rock. O show é promovido pelo projeto Ofício da Música. Livre.

Museu de Artes e Ofícios (300 pessoas). Praça Rui Barbosa (Praça da Estação), s/nº, Centro, ☎ 3248-8600. Terça (9), 19h30. Grátis.

Chico Saraiva e Susana Travassos

Oportuno encontro entre o violonista Chico Saraiva e a cantora portuguesa Susana Travassos, em prol da mesclagem entre as heranças do fado e da bossa nova e o diálogo entre o erudito e o popular. Trata-se do show de lançamento do disco Tejo-Tietê, cujas canções têm letras musicadas por poetas, além de releituras. A apresentação integra a série Domingo no Museu. Livre.

Museu de Arte da Pampulha. Avenida Otacílo Negrão de Lima, 16585, Pampulha, ☎ 3277-7996. Neste domingo (7), 11h. R$ 10,00. Ingressos à venda na loja Acústica CDs (Rua Fernandes Tourinho, 300, Savassi).

Célio Balona e Leny Andrade

O projeto Mistura Minas promove um rico encontro entre o acordeonista Célio Balona e a cantora Leny Andrade, ícone do samba-jazz que encantou o público estrangeiro nos tempos áureos da bossa nova. 16 anos.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1027. → Terça (9), 20h30. R$ 40,00. www.teatrobradescobh.com.br.

CJ Ramone e Matanza

CJ Ramone é ex-baixista dos Ramones, a banda punk nova-iorquina fundamental na história do rock. Ele ficou sete anos no grupo e, após o fim das atividades, enveredou por carreira-solo. Vem divulgar o disco Reconquista. Na ocasião, que comemora o Dia Mundial do Rock, também sobe ao palco o grupo brasileiro Matanza, que mistura country music e hardcore. Antes deles se apresentam as atrações locais Cardiofônica, Carne de Segunda e Didáticos. 18 anos.

Espaço Garage Park. Rua Espanha, 860, Angola, Betim (em frente à PUC Betim). Neste domingo (7), 14h. R$ 30,00 a R$ 70,00. Ingressos à venda nos seguintes locais: Porão Rock Bar (Rua José Maria Alkmin, 40, Centro, Betim); Mamutte Produções (Rui Barbosa, 129, Angola, Betim); loja Miragem (Rua Pernambuco, 1000, loja 46, Savassi) e Mart Games (Avenida Marte, 1125, loja 12, Jardim Riacho, Contagem).

Cristiano Cunha

O cantor e compositor mineiro lança Pro Fim do Inverno, seu disco de estreia, que traz principalmente canções autorais. A direção musical é do pianista cubano radicado em São Paulo Yanel Matos, e essa influência é claramente refletida na sonoridade do álbum. Acompanham os músicos Rafael Macedo (piano), Pedro Santana (contrabaixo) e Juninho Ibituruna (bateria e percussão). A bela voz do artista também entoará músicas consagradas de Adriana Calcanhoto, Gilberto Gil e João Bosco, entre outros. A cantora Raquel Coutinho faz participação especial na apresentação. Livre.

Palácio das Artes - Sala Juvenal Dias (176 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Neste sábado (6), 20h. R$ 10,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h no domingo. Cc: M e V. Cd: M e V. IC. www.fcs.mg.gov.br.

Del Rey e Orquestra Mineira de Brega

Ambas as bandas se dedicam ao repertório brega e vivem lotando festas temáticas como esta, chamada Alô Terezinhaaa. Os integrantes do Del Rey tocam apenas canções de Erasmo e Roberto Carlos, sempre pesando a mão na irreverência. Os mineiros da Orquestra Mineira de Brega ampliam o leque e miram em refrões marcantes de todas as épocas, nacionais ou internacionais, com dedicação especial às trilhas de novelas. 18 anos.

Granfinos (800 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Sexta (12), 22h. R$ 40,00 a R$ 60,00. Cd: M e V. www.sympla.com.br/granfinos. Lista amiga no site www.granfinos.com.br.

Domingo no Quintal

Em sua terceira edição, o projeto Domingo no Quintal recebe o músico Fred Camacho. O sambista chega acompanhando por Fernando Bento e pela Patota de Cosme. Apadrinhado por Almir Guineto e parceiro de Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Dudu Nobre - os três participam de seu primeiro CD -, o carioca escreveu mais de sessenta canções com Martinho da Vila, Nei Lopes e Wilson das Neves. Livre.

Agosto de Deus. Avenida Pasteur, 4, Funcionários, ☎ 3222-2583 e 9911-2019. Neste domingo (7), 13h. R$ 15,00.

Grupo Choro Nosso

O grupo foi idealizado pelos compositores Renato Muringa e Marcela Nunes. Eles se dedicam à pesquisa do choro mineiro. Na ocasião, apresentam o show O Choro de Minas, com obras de importantes compositores, numa mostra da singularidade, beleza e diversidade do choro produzido no estado. Livre.

Teatro Júlio Mackenzie - Sesc Palladium (76 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5355. Neste sábado (6), 20h. R$ 20,00. www.sescmg.com.br.

Siba

Tempos atrás, Siba quase afundou. Estava numa canoa furada. "Quem veio foi um tubarão / Pra me arrudiar / Será que ele quer me lanchar? Será que eu aguento a dentada?", ele canta em uma marcha-frevo que consta no disco Avante. O trecho traduz um pouco o bloqueio criativo que o cantor pernambucano conta ter vivido. Não deu para ir ao divã, então ele mergulhou em um processo de composição cheio de poesia que rendeu um álbum revigorante. Renascimento e recriação são temas dominantes do trabalho, que tem os pés fincados no maracatu, mas sem se limitar ao regionalismo ingênuo. 14 anos.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1027. → Neste sábado (6), 21h. R$ 20,00. www.teatrobradescobh.com.br.

Wanessa

Pouco menos de dois meses desde que esteve aqui pela última vez, a cantora pop retorna para mostrar novamente o show DNA Tour, que marca o lançamento de seu nono disco-solo. Antes de sua performance os DJs Laurize, BeeJe e Thiago Richard comandam a trilha sonora. 18 anos.

Music Hall (1 500 lugares). Avenida do Contorno, 3239, Santa Efigênia, ☎ 9225-3956 e 2512-2693. Sexta (12), 22h. R$ 50,00 a R$ 95,00.Ingressos à venda na loja Bacch (Rua Rua Antônio deAlbuquerque, 749, loja 12, Savassi).

Rodrigo Santos A apresentação solo de Rodrigo Santos, baixista do Barão Vermelho, que aconteceria nesta quinta (11) no Na Mata Café, foi adiada para sexta (19).

O baixista do Barão Vermelho lança seu quinto disco-solo, chamado Motel Maravilha. Fazem parte do trabalho parcerias com os músicos Andy Summers, do The Police, George Israel e Mauro Santa Cecília. Músico experimentado, Rodrigo já participou de álbuns de Lobão, Kid Abelha, George Israel, Moska, Frejat, entre outros. 18 anos.

Na Mata café. Rua Marília de Dirceu, 56, Lourdes, ☎ 3654-1733. Quinta (19), 22h. R$ 30,00 (mulheres) a R$ 50,00 (homens). www.namatabh.com.br.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE