Shows

Cantor Pedro Morais apresenta as canções repletas de guitarras do disco Vertigem

Mineiro faz show sábado (21) no Granfinos para mostrar lado roqueiro

Por: João Renato Faria - Atualizado em

Anna Lara
(Foto: Redação VejaBH)

Pedro Morais: pegada mais pesada

Já faz tempo que ele deixou o rótulo de "promessa" para se tornar um dos compositores mais importantes da nova safra mineira. Agora, consolidado, Pedro Morais se permite experimentar e está mais roqueiro. Em seu terceiro disco, Vertigem, o cantor deixa um pouco de lado o violão, que marcou os seus dois primeiros álbuns e está presente também no seu trabalho com o grupo Cobra Coral, para se dedicar à guitarra mais pesada e distorcida. A novidade foi apresentada ao público mineiro há pouco mais de um mês no Teatro Bradesco. Quem perdeu agora tem uma segunda chance de conferir seu novo lado no sábado (21). Desta vez, o palco será de um lugar menos comportado, mas mais apropriado para um concerto de rock, o Granfinos. No repertório, canções como Para Repetir, Liga e a faixa-título do novo álbum não deixam dúvidas: o rock veio para ficar.

Granfinos (800 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Sábado (21), 21h. R$ 30,00. Cd: M e V. www.sympla.com.br/granfinosingressos.

Shows: programação para os dias 14 a 20 de dezembro

Daniel Gama

O show é para divulgar o disco Manifesto Dissonante, que mistura MPB, folk e poesia. Livre.

Palácio das Artes - Sala Juvenal Dias (176 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Neste sábado (14), 20h. R$ 20,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom.). Cc: M e V. Cd: M e V.

Dora Vergueiro

Filha do compositor Carlinhos Vergueiro, a cantora costuma fazer parcerias com artistas como Toquinho e Cris Delanno. No show, ela defende seu repertório de quatro discos já lançados e apresenta seu samba repleto de modernidades. 18 anos.

Na Mata Café. Rua Marília de Dirceu, 56, Lourdes,☎ 3654-1733. Quinta (19), 22h. R$ 30,00 (mulheres) a R$ 50,00 (homens). www.namatabh.com.br.

Fábio de Melo

O padre canta músicas que falam sobre Deus e religião, como Tudo é do Pai, Em Tua Presença e Porta do Céu. Não faltam também hinos de missas da Igreja Católica. Livre.

Galopeira. Avenida Tereza Cristina, 175, Calafate, ☎ 2514-0007. Quinta (19), 21h. R$ 50,00 a R$ 280,00. www.centraldoseventos.com.br.

João Bosco

Recém-inaugurado após anos em reforma, o Cine Theatro Brasil está fazendo bonito na programação musical. Quem sobe ao palco em duas datas, sábado (21) e domingo (22), é o cantor e compositor João Bosco. Ele será acompanhado da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, regida pelo maestro Marcelo Ramos, em canções que vão homenagear o centenário de Vinicius de Moraes. 14 anos.

Cine Theatro Brasil Vallourec (1 000 lugares). Praça Sete, Centro, ☎ 3201-5211. → Sábado (21), 21h e domingo (22), 20h. Bilheteria: 11h/21h (seg. a sáb.); 10h/19h (dom. e feriados). R$ 60,00. IC.

Lise

Baterista do Constantina, o músico Daniel Nunes mostra seu lado solo que passeia pelas músicas eletrônica, ambiente e instrumental. 18 anos.

CCCP - Cult Club Cine Pub (250 pessoas). Rua Levindo Lopes, 358, Savassi, ☎ 3582-5628. Sexta (20), 22h. R$ 25,00. www.cultclubcinepub.com.br.

Luiz Filippo

O show em duas datas, na sexta (20) e no domingo (22), é para homenagear o compositor Ary Barroso, criador de hinos como Aquarela do Brasil, Isto Aqui, o que É? e É Luxo Só. Livre.

CentoeQuatro. Praça Ruy Barbosa, 104, Centro, ☎ 3222-6457. Sexta (20), 22h. Centro de Arte Suspensa Armatrux. Rua Himalaia, 69, Vale do Sol ­- Nova Lima. Domingo (22), 17h. Grátis.

Matriz Solidária

O tradicional festival reúne o que de melhor foi feito na cena independente belo-horizontina. Pela ordem, sobem ao palco da casa de shows as bandas Hevana, Nu Theory, Vô Diddley, Evil Matchers, Cães do Cerrado, Severa, Colt 45, Dead Pixiels, Zonbizarro, Cordoba, The Bombeizing Bomber Boys, Pelos, Seash, Curved e Dopaminas. 14 anos.

Matriz - Casa Cultural (200 pessoas). Rua Guajajaras, 1353, Terminal Turístico JK, Santo Agostinho, ☎ 3212-6122. Domingo (22), a partir das 13h. R$ 5,00 mais a doação de 1 quilo de alimento ou um brinquedo em bom estado. Cd.: V e M.

Mamour Ba

O senegalês radicado em BH se apresenta com a banca Conexão African Beat. O repertório passeia por ritmos africanos e sons contemporâneos. O trompetista João Vianna e a cantora Lu Toledo fazem participação especial. 14 anos.

Soleá Tablao Flamenco. Rua Sergipe, 1199, Savassi, ☎ 3282-2444. Sábado (21), 22h. R$ 20,00

Oficina G3

A banda mistura guitarras pesadas e a bateria marcada, típicas do metal, com letras de mensagens positivas e cristãs. A religiosidade, porém, não impede que as apresentações do quinteto sejam agitadas. O grupo lança o disco Histórias e Bicicletas, que traz canções um pouco menos pesadas. 7 anos.

Music Hall (1 500 lugares). Avenida do Contorno, 3239, Santa Efigênia, ☎ 3271-1516. Sexta (20), 21h. R$ 40,00. Ingressos à venda nas lojas Frat do Boulevard Shopping e Via Shopping.

O Teatro Mágico

+ O Teatro Mágico mostra mistura de música e arte circense

16 anos.

Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Sábado (21), 22h. R$ 100,00 a R$ 120,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

Riviera

O grupo de BH aposta no rock alternativo inspirado em bandas como Tool e A Perfect Circle. No show, eles lançam o trabalho Somos Estações. Livre.

Museu Inimá de Paula. Rua da Bahia, 1201, Centro, ☎ 3213-4320. → Quinta (19), 20h. Grátis.

Simone Mazzer

Dona de uma voz potente, a cantora já está na ativa há um tempo, mas só agora vem conseguindo o destaque que merece. A apresentação impressiona pela intensidade. 18 anos.

Granfinos (800 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Neste sábado (14), 22h. R$ 20,00 a R$ 40,00. Cd: M e V. www.sympla.com.br/granfinos.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE