Shows

Programação de shows: 02 a 08 de junho

Por: Rafael Rocha - Atualizado em

Pedro David Caixa Preta
(Foto: Redação VejaBH)

ALFÂNDEGA BAR. O estabelecimento continua sua comemoração de dois anos de funcionamento com uma série de shows de samba, MPB e outros ritmos, que se estende até o fim deste mês. Neste sábado (2), a sambista carioca Manu Santos faz homenagem a ícones da música, como Caetano Veloso, Gilberto Gil e João Donato. No mesmo dia também sobe ao palco o multi-instrumentista mineiro Sérgio Pererê. Vale olhar com calma a extensa escalação, que conta com performances imperdíveis: Elza Soares canta no dia 28 e a cubana Teresa Morales no dia 30. 18 anos. Alfândega Bar (180 lugares). Rua Viçosa, 250, São Pedro, ☎ 3223-1987. Até o dia 30. Horários variados. R$ 5,00 a R$ 30,00. Cc: M e V. Cd: M e V. Programação completa no site www.alfandegabar.com.br.

CORTANDO UM DOBRADO. O grupo de choro e samba apresenta repertório homenageando o instrumentista carioca Maurício Carrilho. A banda, fruto da parceria entre sete músicos da capital, tem a proposta de explorar e divulgar o universo do choro e do samba. O show faz parte do projeto Piazidin - Choro no Palco, que elege um tema ou compositor todas as segundas. Livre. Conservatório UFMG (220 lugares). Avenida Afonso Pena, 1337, Centro, ☎ 3409-8300. Segunda (4), 20h. R$ 12,00. Ingressos na bilheteria do local a partir das 19h no dia do evento. Pagamento em dinheiro ou cheque. www.ufmg.br/conservatorio.

ESTAÇÃO NEW ORLEANS NOVA LIMA. A cidade da região metropolitana da capital promove a primeira edição deste grande evento de jazz. Artistas renomados de Nova Orleans fazem imperdíveis apresentações, entre eles a sueca Gunhild Carling, o trompetista Leroy Jones, o saxofonista Bob Wilber e o guitarrista de slide Roy Rogers. A programação é rica e extensa, e compreende também ritmos adjacentes ao estilo que ficou famoso no Vale do Mississipi, como rhythm and blues, gospel, country e fusion. Grupos locais também exibem seus trabalhos musicais. A grande performance nacional fica por conta da cantora Izzy Gordon, com repertório de jazz e bossa nova. Livre. Praça Bernardino de Lima, s/nº, Centro, Nova Lima. ☎ 3541-4365. Programação completa em www.facebook.com/estacaoneworleansnovalima.

FESTIVAL DE ARTE NEGRA. O evento que celebra a diversidade étnica e cultural chega ao seu último fim de semana. Neste sábado (2), as bandas THC, Raiz de Jequí e Sabedoria Nahtiva fazem shows de reggae e suas vertentes no Parque Municipal. Nos pickups, os DJs Bruno Dub e Gusbó Dub. No mesmo dia, o compositor nigeriano Ayòbámi Samuel Akínrúlí faz participação especial no show Couro e Cabaça, que apresenta uma miscelânea cultural com música afro-brasileira, capoeira, dança afro, samba de roda, congado e swing cubano. À noite, é a vez dos grupos Julgamento, Dokthor Bhu, O Som que Vem das Ruas, Verdade Seja Dita, Matéria Prima e MC Well (vencedor do duelo de MC). Neste domingo (3), Tom Nascimento completa quinze anos de carreira com show do seu mais recente álbum, Funk-se, Rock-se. Às 19h, a Banda Mineira de Percussão apresenta-se no Teatro Francisco Nunes. Em seguida, o artista Identity (codinome de Rafael Dias) exibe seu trabalho calcado em sons latinos, africanos, americanos e brasileiros. O encerramento do festival acontece no Parque Municipal às 21h, com celebração dos quinze anos da banda Berimbrown. Como convidados participam os músicos Dinho Nascimento e Chico Amaral. O single Meu Santo Não Combina com o Seu será lançado na ocasião. Livre. Parque Municipal Américo Renê Giannetti (5 000 pessoas). Avenida Afonso Pena, 1377, Centro, ☎ 3277-4161. Teatro Francisco Nunes (500 lugares). Avenida Afonso Pena, s/nº, Parque Municipal, ☎ 3277-6325 → Neste sábado (2) e domingo (3), vários horários. Grátis. www.fan.com.br.

FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DE OBJETOS (FITO). Leia em Veja BH Recomenda. Serraria Souza Pinto (5 000 lugares). Avenida Assis Chateaubriand, 809, Floresta, ☎ 3213-3434. → De sexta (8) a domingo (10), em vários horários. Grátis. www.fitofestival.com.br.

Veja a programação completa do FITO BH 2012

GILSON BRITO. O violinista foi premiado pelo BMDG como revelação instrumental. Neste show ele se apresenta junto de outros participantes do prêmio e do convidado especial da noite, o contrabaixista Zeca Assumpção. No repertório aparecem composições e arranjos que o levaram a vencer a décima edição do prêmio, como No Embalo e Baião Country. Canções de Chico Buarque e Edu Lobo preparadas especialmente para a ocasião também serão apresentadas. Livre. Teatro da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa (220 lugares). Praça da Liberdade, 21, Funcionários, ☎ 3269-1166. Terça (5), 20h. R$ 2,00.

JUCA CULATRA. A irreverente banda paraense apresenta sua mescla de brega e reggae. A noite é complementada com os show de hip-hop do mineiro Kdu dos Anjos, do beatboy Coyote e da atração Discotecagem Radiofônica Independência ou Marte. Trata-se da sétima edição do projeto Cedo e Sentado, promovido pela Casa Fora do Eixo Minas e pelo Studio SP Produções. 18 anos. Granfinos (850 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Segunda (4), 20h. Grátis. www.granfinos.com.br.

ORQUESTRA MINAS E VIOLA. A autêntica música caipira apresentada há catorze anos harmoniza o som da viola com coral de dez vozes. O grupo tem como características principais a orquestração em uníssono e o canto em duetos. No repertório, composições próprias e grandes clássicos da música sertaneja de raiz. 16 anos. Matriz Casa Cultural (130 lugares). Rua Guajajaras, 1353, Lourdes. ☎ 3212-6122. Sábado (2), 21h. R$ 20,00. Cd: M e V.

PEDRO MORAIS. Um dos artistas mais talentosos de sua geração, Pedro transita bem por vários meandros da música. Sua facilidade na composição é notória: ele e seu companheiro Magno Mello possuem letras interessantes sobre o cotidiano e também conseguem falar de romantismo sem cair na pieguice. Vai bem enquanto intérprete e arremata sua qualidade no desempenho ao violão. No programa, ele apresenta suas canções gravadas nos discos Pedro Morais e Sob o Sol. 18 anos. Granfinos (850 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Neste sábado (2), 22h. R$ 30,00. Cd: M e V. Lista amiga no site www.granfinos.com.br.

SCARCÉUS. Atualmente na trilha sonora da novela global Malhação, a banda passa por sua melhor fase nestes dez anos em que está na estrada. O repertório de rock com pitadas de country e pop tem letras em inglês que lembram o grupo americano Nickelback. O quarteto gravou em abril um DVD no interior de Minas e prepara-se para lançar um novo CD com participação de Milton Nascimento. Amsterdam Pub (400 pessoas). Rua dos Inconfidentes, 1141, Savassi, ☎ 3262-0688. Sábado (2), 23h. R$ 20,00 (mulheres) e R$ 30,00 (homens). Cc: todos. Cd: todos.

SORRISO MAROTO. O grupo de pagode apresenta o lançamento do DVD Ao Vivo em Recife, gravado em agosto do ano passado. Desde que foi formada, em 1997, a trupe emplacou vários sucessos do gênero nas rádios do Brasil, como os hits Não Tem Perdão e Fica Combinado Assim. O evento é open bar. 18 anos. Mix Garden (3 000 pessoas). Rua Projetada, 65, Jardim Canadá, Nova Lima. Neste sábado (2), 23h. R$ 120,00 (mulheres) e R$ 150,00 (homens). Vendas no site www.centraldoseventos.com.br.

WILLIE HEATH NEAL. Em sua 21ª edição, a festa Flamming Night recebe o cantor norte-americano de country Willie Heath Neal, que está em turnê pelo Brasil. Também sobem ao palco as bandas Fusile (MG), Fabulous Bandits (PR) e Garage Fuzz (SP). A discotecagem fica por conta de Flaming Friends. 18 anos. Granfinos (850 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Sexta (8), 22h. R$ 40,00. Cd: M e V. Ingressos à venda nas lojas 53 HC (Rua Rio de Janeiro, 630, loja 53, Centro) e Pietá Tattoo (Rua Paraíba, 1441, Savassi). www.granfinos.com.br.

ZECA BALEIRO. Ironicamente batizado de O Álbum do Ano, o disco mais recente do cantor maranhense tira sarro da crítica musical e também de nomes onipresentes no meio, como Caetano Veloso e Nelson Motta. Neste show, intitulado Calma Aí, Coração (nome de uma das faixas do disco), Zeca interpreta novas e antigas canções e faz releituras de músicas de Marina Lima e Martinho da Vila. Com ele tocam Tuco Marcondes (violão, guitarra, gaita, uquelele e banjo), Fernando Nunes (baixo e violão), Kuki Stolarski (bateria e percussão), Pedro Cunha (teclados, samplers, sintetizadores e acordeão) e Adriano Magoo (teclados, samplers, sintetizadores e acordeões). Livre. Grande Teatro do Palácio das Artes (1 705 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Neste sábado (2), 21h; e domingo (3), 20h. R$ 80,00 a R$ 100,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Ingressos também podem ser adquiridos nos quiosques Americanas.com Blockbuster. Cc: V e M. Cd: V e M. IC. www.fcs.mg.gov.br.

ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO. A dupla sertaneja estourou em 1991 com o hit É o Amor e, desde então, construiu uma carreira de sucesso que chegou a virar filme. Apesar das crises e ameaças de separação, continua se apresentando Brasil afora. Este show é a principal atração da festa junina do PIC. Além dos irmãos, haverá DJ, parque de diversões e outras surpresas. Evento all inclusive. PIC Pampulha (6 000 lugares). Rua Ilha Grande, 555, Pampulha, ☎ 3516-8282. → Neste sábado (2), a partir das 20h. R$ 95,00 a R$ 250,00. Bilheteria: 9h/18h no PIC Cidade (Rua Cláudio Manoel, 1185, Funcionários). Cc: M e V. Cd: M e V. www.pic-clube.com.br.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE