Shows

Programação de shows e concertos para o período entre 09 a 15 de agosto

- Atualizado em

Banda Crivo

O cantor e violonista baiano Elton Raville, Gabriel Lisboa (bateria e backvocals) e Fred Chamone (guitarra e backvocals) são os integrantes do grupo, que apresenta o show Transcendência. Segundo os músicos, a temática plural prima pela convergência entre Nordeste e Sudeste, resultando numa sonoridade híbrida de vários ritmos, como pop, soul, jazz, baião, maracatu, frevo e rock. Livre.

Palácio das Artes - Sala Juvenal Dias (176 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Sábado (16), 21h. R$ 20,00. www.fcs.mg.gov.br.

Bernardo Fabris

O músico, natural do Rio de Janeiro, é saxofonista, compositor, arranjador, professor e pesquisador. Atualmente é professor adjunto do departamento de música da Universidade Federal de Ouro Preto. Na ocasião, apresenta seu primeiro disco autoral chamado Quinteto, que passeia pelos gêneros samba, bossa nova, baião e valsa, entre outros. Livre.

Museu de Artes e Ofícios (300 lugares). Praça da Estação, s/nº, Centro. Terça (12), 19h30. Grátis.

Casa das Máquinas

Marinho Thomaz (bateria), Marinho Testoni (teclado), Marcello Schevano (guitarra), João Luiz (vocal) e Fábio César (baixo) são os componentes do grupo de hard rock e rock progressivo que fizeram sucesso entre a geração roqueira da década de 70. Seus maiores hits serão interpretados neste show, que promete render um CD ao vivo. 18 anos.

Stonehenge. Rua Tupis, 1448, Barro Preto, ☎ 3271-3476 e 9247-2020. Neste sábado (9), 22h. R$ 40,00. www.stonehengerockbar.com.br.

César Santos Trio

O cantor, guitarrista e contrabaixista é também um requisitado produtor musical. Já atuou com conceituados artistas brasileiros, europeus e americanos, entre eles Marisa Monte, Aerosmith, Toninho Horta, Seu Jorge, Roger Daltrey (The Who), Samuel Rosa, Marina Machado, Robertinho Brant e Chico Amaral. O show integra o projeto #ClaroExperiências. 18 anos.

Na Mata Café. Rua Marília de Dirceu, 56, Lourdes, ☎ 3654-1733. Quinta (14), 19h. R$ 15,00.

Elvis Tribute Live on Stage

Mark Rio é um dos mais elogiados covers de Elvis Presley do mundo. Neste tributo ao ícone do rock, ele interpreta as canções do ídolo rebolativo ao vivo. Sua semelhança com o cantor é surpreendente: ele não usa perucas nem costeletas postiças. Réplicas oficiais de trajes, joias, violão e microfone utilizados por Elvis nos anos 70 deixam a apresentação ainda mais verossímel. No repertório estão todos os grandes sucessos da carreira de Elvis Presley, inclusive performances acachapantes de My Way e Always on My Mind. Livre.

Teatro Sesiminas. Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7175. Sexta (15), 20h. R$ 80,00 a R$ 120,00.

Esteban

O multi-instrumentista Rodrigo Tavares apresenta seu projeto Adiós, Esteban!. O trabalho autoral do ex-baixista da banda Fresno e atual guitarrista do Engenheiros do Hawaii mescla música gaúcha com rock inglês e pop americano com MPB. 18 anos.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1027. → Quarta (13), 21h. R$ 80,00. www.teatrobradescobh.com.br.

ExpoMariana

Entre quinta (14) e domingo (17), a cidade histórica de Mariana recebe os shows de Bell Marques, Guilherme & Santiago, Patati Patatá, Zezé Di Camargo & Luciano, Fernando & Sorocaba, Lucas Lucco e Tuca Fernandes. Rodeio, leilões e exposição de animais completam a programação. Livre.

Parque de Exposições Mina Del Rey. Rodovia Mariana, s/nº, Centro, ☎ 3291-5010. De quinta (14) a domingo (17), vários horários. Entrada: grátis (dias 14 e 17) a R$ 50,00. Na capital, ingressos à venda na loja Nenety Eventos (Shopping 5ª Avenida). www.joaowellington.com.br.

Forfun

Figurinha fácil pelas bandas de cá, o grupo carioca de hardcore deve grande parte de seu sucesso à internet. Lá se vão treze anos de estrada. A capital mineira foi escolhida para encerrar a turnê do DVD Ao Vivo no Circo Voador. As músicas Quem Vai, Vai, Sol e Chuva e História de Verão certamente renderão os momentos mais exaltados do show, por serem seus maiores sucessos. 16 anos.

Music Hall. Avenida do Contorno, 3239, Santa Efigênia, ☎ 9420-0257. Neste sábado (9), 20h. R$ 70,00 a R$ 100,00.

Gwyn Ashton

O guitarrista australiano é considerado uma autoridade no instrumento ao qual se dedica. Já foi chamado de "rei do feeling e do timbre" por ninguém menos que Robert Plant, do Led Zeppelin. Para Don Airey, tecladista do Deep Purple, ele é um dos grandes heróis do blues. Com seis discos lançados, Ashton já tocou com artistas do gabarito de Ray Charles, B.B. King, Johnny Winter, Rory Gallagher e Albert Lee. 18 anos.

Jack Rock Bar (420 lugares). Avenida do Contorno, 5623, Funcionários, ☎ 3227-4510. Neste sábado (9), 21h. R$ 30,00 (mulheres) a R$ 40,00 (homens). www.circuitodorock.com.br.

Léo Brasil

Canção Visionária é o primeiro disco do cantor e compositor. Segundo ele, seu trabalho segue uma veia tropicalista, que mistura rock com blues e baião. A conferir. 18 anos.

CCCP. Rua Levindo Lopes, 358, Savassi, ☎ 3582-5628. Quarta (13), a partir das 18h. R$ 15,00.

Marcos e Belutti

Os cantores subiram ao palco pela primeira vez juntos em março de 2008 e já colecionam alguns sucessos, entre eles Vem Me Amar, Você Não Merece, Tudo no Olhar e Sem Me Controlar. Atualmente, a dupla de sertanejo universitário soma três DVDs, quatro CDs e uma indicação ao Grammy Latino. 18 anos.

Wood's (1 000 lugares). Alameda da Serra, 154, Nova Lima, ☎ 3568-0889. Quarta (13), a partir de 21h. R$ 40,00 (individual feminino) a R$ 2 000,00 (lounge para quinze pessoas).

Pablo Passini

Mais um representante da produtiva cena instrumental mineira. O compositor e guitarrista mostra seu trabalho Niños. Junto dele, apresentam-se os músicos Felipe Continentino (bateria), Breno Mendonça (sax), Frederico Heliodoro (baixo acústico) e Fred Selva (vibrafone). Argentino, Passini escolheu Belo Horizonte como morada. É formado em violão pela Universidade Nacional de La Plata. A apresentação integra o projeto Quarta Instrumental. Livre.

Teatro de Bolso Júlio Mackenzie do Sesc Palladium (76 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5355. → Quarta (13), 19h30. R$ 10,00 ou 1 quilo de alimento não perecível.

Pato Fu

Tinha um tempinho que esse pato não grasnava na capital. Ainda mais emitindo a sonoridade que conquistou o país entres as décadas de 90 e 2000. Em prol da programação especial do aniversário de três anos do Sesc Palladium, Fernanda, John Ulhoa e seus parceiros vão fazer o público pirar no saudosismo. Esta apresentação traz no repertório canções dos principais discos do grupo, como Rotomusic de Liquidificapum (1993), Gol de Quem? (1995), Televisão de Cachorro (1998), Isopor (1999), Ruído Rosa (2001) e Toda Cura para Todo Mal (2005). 18 anos.

Grande Teatro do Sesc Palladium (1 321 lugares). Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro, ☎ 3270-8100. → Neste domingo (10), 19h. R$ 10,00 a R$ 30,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC. www.sescmg.com.br.

Rachel Antonini

A bela cantora lançou a música Rei do Camarote, uma clara referência ao vídeo de VEJA SP que se tornou um viral da internet, mostrando o comportamento de pessoas vips sem camarotes disputados da capital paulista. Em seus shows, a cantora interpreta hits da música sertaneja e modas de viola. 18 anos.

West Pub. Rua Bárbara Heliodora, 123, Lourdes, ☎ 2512-3852. Sábado (16), a partir das 22h. R$ 60,00 a R$ 80,00 (metade do valor vira consumação).

Os Travessos

Na década de 90, eles faziam sucesso e frequentavam programas dominicais na TV com seus pagodes melosos. Deram uma sumida, mas agora comemoram vinte anos de estrada com o álbum Tarde ou Cedo, composto de dez músicas inéditas. Rodriguinho, o mais famoso da trupe, reassume os vocais após um período de oito anos em carreira-solo. Sorria, Quando a Gente Ama, Adivinha e Maravilha Te Amar são algumas canções que os alçaram à fama. 16 anos.

Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Neste sábado (9), 23h. R$ 70,00 a R$ 100,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

Tuatha de Danann

A banda brasileira de folk metal foi fundada em 1995. O nome e as músicas sofrem influência da cultura celta. Nesta apresentação, o grupo faz lançamento de um single, uma prévia do novo álbum da banda, que sairá no segundo semestre. O show marca a estreia do músico Alex Navar, que assume as gaitas de fole. 18 anos.

Granfinos (800 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Neste domingo (10), 17h. R$ 42,00 a R$ 120,00. www.ingressorapido.com.br.

Uakti

Um dos grupos de música instrumental mais importantes do país, e também um dos que mais investem na pesquisa de novas sonoridades, a banda apresenta repertório de Uakti Beatles, o disco mais recente. O trabalho conta com versões de canções do mítico grupo britânico, entre elas Mother Nature's Sun, Across The Universe, Come Together, A Day In The Life e With a Little Help from My Friends. A massa sonora, como já é costume do grupo, surge a partir de materiais inusitados, que vão de tubos de PVC a cabaças e apitos. Seus integrantes são Marco Antônio Guimarães (criador dos instrumentos, compositor, arranjador e diretor musical), Artur Andrés Ribeiro (flautista e compositor), Paulo Sérgio dos Santos (percussionista e compositor) e Décio de Souza Ramos Filho (percussionista). 12 anos.

Cine Theatro Brasil Vallourec - Grande Teatro (1 000 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3201-5211. Sexta (15) e sábado (16), 21h. R$ 40,00. Bilheteria: 11h/21h (seg. a sáb.); 11h/19h (dom.).

Valquíria Gomes e Anderson Reis

Bacharel em canto lírico pela UFMG, Valquíria é soprano efetiva no Coral Lírico de Minas Gerais do Palácio das Artes. Anderson estuda bacharelado em música e violão na UFMG e é membro do Quarteto Corda Nova. Juntos nesta formação desde 2011, eles dedicam-se ao repertório de canções brasileiras e atualmente estão difundindo esse interessante trabalho durante os meses de agosto e setembro em centros culturais da prefeitura. O repertório dos recitais vai de Alberto Nepomuceno a Tom Jobim, dando especial atenção à temática de música de câmara (peças compostas para ser executadas por um número reduzido de instrumentos ou vozes, numa atmosfera íntima de pequenas salas). Livre.

Centro Cultural Vila Rita. Rua Ana Rafael dos Santos, 149, Barreiro. Quinta (14), 19h. Grátis.

Vitor Santana

Em formato voz e violão, o cantor, compositor e violonista apresenta seu repertório autoral influenciado, segundo ele, por grandes mestres da música brasileira. Seu trabalho mais recente é o disco Coladera, com destaque para a performance de guitarra ibérica e percussão. Livre.

Café do Palácio das Artes. Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3222-5657. Quarta (13), 19h30. Grátis. www.fcs.mg.gov.br.

Warley Henrique

O projeto Música & Poesia recebe o show Pra Quem Não Me Conhece, com uma recomendável apresentação do dedicado cavaquinista, que já faturou o prêmio de melhor CD instrumental autoral em 2009 pelo BDMG. Congado mineiro, funk, soul, samba, baião, bossa nova e jazz são algumas das experimentações que recheiam a trilha do novo trabalho do músico. Livre.

Centro Cultural UFMG. Avenida Santos Dumont, 174, Centro, ☎ 3409-8290. Quarta (13), 20h30. Grátis. www.ufmg.br/centrocultural.

CONCERTOS

Clássicos na Praça

Em mais uma agradável manhã da série - que, no total, já reuniu quase 80 000 pessoas -, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais homenageia três grandes compositores russos: Stravinsky, Shostakovich e Rimsky-Korsakov. Sob a batuta de Marcos Arakaki, os músicos interpretam, também, Guerra-Peixe, Binicki e Bartók.

Praça Floriano Peixoto, s/nº, Santa Efigênia. Neste domingo (10), 11h.

Manhãs Musicais

A violoncelista russa Svetlana Tovstukha e o pianista belo-horizontino Luiz Gustavo Carvalho sobem ao palco com uma bela missão: interpretar duas importantes obras compostas para cello e piano no período romântico, a Sonata em Sol Menor, Op. 65, de Chopin, e a Sonata em Sol Menor, Op.19, de Sergei Rachmaninoff. Livre.

Fundação de Educação Artística - Sala Sergio Magnani (200 lugares). Rua Gonçalves Dias, 320, Funcionários, ☎ 3226-6866. Neste domingo (10), 11h. Contribuição voluntária.

Mei-Ann Chen e Umberto Clerici com Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

O próximo concerto Allegro VIII é comandado pela regente convidada Mei-Ann Chen, que explora a obra de Mendelssohn numa apresentação caprichada com o talento do violoncelista Umberto Clerici, que interpreta Saint-Saëns e Respighi. 8 anos.

Palácio das Artes - Grande Teatro (1 705 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro. ☎ 3236-7400. → Quinta (14), 20h30. R$ 36,00 a R$ 70,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb); 14h/20h no domingo. Cc: M e V. Cd: M e V. IC.

Segunda Musical

Villa-Lobos, Chopin, Piazzola e Rachmaninoff integram o programa do violonista Felipe Marllon e dos pianistas Luísa Cerqueira e Paulo Augusto Borges. Livre.

Teatro da Assembleia (145 lugares). Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho, ☎ 2108-7827. Segunda (11), 20h. R$ 1,00. A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE