Shows

Programação de shows e concertos para o período entre 11 a 17 de outubro

- Atualizado em

Bianca Luar e Ian Guedes

O show presta homenagem aos quarenta anos do Clube da Esquina, um dos mais importantes movimentos musicais brasileiros. Não por acaso, já que Ian é filho do cantor Beto Guedes. A saxofonista Maria Bragança e o compositor Tattá Spalla fazem participações especiais. Livre.

Museu de Artes e Ofícios (300 pessoas). Praça da Estação, 600, Centro, ☎ 3248-8600. Terça (14), 19h30. Grátis.

Brascubazz

Ritmos latinos como danzón, son, chá-cháchá, guajira unem-se a gêneros brasileiros como choro, baião, afoxé e maracatu na formação artística desta banda. No show Brascubazz: La Noche Cubana, os tempos áureos da Havana Velha são retratados com música instrumental e cantada. Livre.

Museu de Arte da Pampulha (400 lugares). Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16585, Pampulha, ☎ 3277-7996. Domingo (19), 11h. R$ 20,00.

Breno Mendonça e Wagner Souza Sexteto

Representantes da nova cena instrumental mineira, os músicos uniram forças no disco Jazz Sambô. O trabalho tenta resgatar, segundo eles, um dos estilos mais ricos e menos explorados no cenário local: o samba-­jazz. Livre.

Teatro de Bolso Júlio Mackenzie do Sesc Palladium (76 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3270-8100. → Quarta (15), 19h30. 1 quilo de alimento não perecível ou R$ 10,00.

Bruno Grossi

Junto de sua banda, o artista apresenta Malagueta-me, seu primeiro álbum. Samba, bolero, maracatu, tango e choro são os ritmos escolhidos pelo músico. Livre.

Conservatório UFMG (220 pessoas). Avenida Afonso Pena, 1534, Centro, ☎ 3409-8347. Terça (14), 20h. Grátis. www.ufmg.br/conservatorio.

César Menotti & Fabiano

Eles alardearam no Brasil inteiro que não há lugar melhor que Beagá. Agora, apresentam aos mineiros seu novo álbum, Memórias dos Anos 80 e 90. Músicas estouradíssimas que embalaram a infância da dupla ganharam regravações, com especial destaque para a viola caipira e temas que ficaram famosos nas vozes de Chitãozinho & Xororó, Leandro & Leonardo, João Paulo & Daniel e Zezé Di Camargo & Luciano, entre tantos outros. 16 anos.

Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. → Neste sábado (11), 22h. R$ 50,00 a R$ 70,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

Chama Chuva

Belo Horizonte tem participação importante na carreira da banda de forró - a cidade foi uma das primeiras em que ela fez sucesso. O grupo nasceu em Dunas de Itaúnas (ES), conhecida como a capital do forró pé de serra. São dessa fase inicial músicas que ficaram famosas, como Sãmarina, Cativeiro Coração e Esse Bicho Mata. O grupo escolheu Beagá mineira para gravar DVD em comemoração aos quinze anos de carreira. 18 anos.

Caribbean Disco Club. Rua das Acácias, 549, Vale do Sereno, Nova Lima, ☎ 4103-7447. Domingo (19), 18h30. R$ 20,00 a R$ 25,00.

Djalma Não Entende de Política

Os bares que aparecem em cada esquina de Belo Horizonte renderam bons papos aos integrantes do grupo e, consequentemente, daí nasceram canções. Divertidos e inusitados, os músicos lançam seu primeiro trabalho, chamado EP da DP, com cinco faixas autorais.

CentoeQuatro. Praça Ruy Barbosa, 104, Centro. Sexta (17), 21h. Ingressos esgotados.

Elas de Minas

Nove mulheres se reuniram para um complô musical. Um bom complô, com o claro objetivo de unir as forças musicais femininas do cenário local. Fazem parte do projeto Elas de Minas as intérpretes Brisa Marques, Carine Corrêa, Déa Trancoso, Irene Bertachini, Juliana Perdigão, Lívia Itaborahy, Lysia Condé e Marina Machado, que em carreira-solo já conquistaram seu espaço. Nesta apresentação, elas lançam o disco resultante da união, em que sobressaem uma poética sofisticada, densa harmonia e melodias inspiradas. Livre.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1360. → Neste sábado (11), 20h.

R$ 20,00 a R$ 30,00. www.teatrobradescobh.com.br. IR.

Eliana Pittman

A cantora carioca é convidada do projeto Aqui Jazz, que completa dez anos. Junto da banda Take Five, ela interpreta clássicos do jazz internacional. A bela voz da artista vai abrilhantar as músicas de Billie Holiday e Ella Fitzgerald que preenchem o repertório. O quinteto Take Five é formado pelos músicos Ricardo Penido (trompetista), Matteo Ricciardi (saxofonista), Hugo Silva (contrabaixista), Leo Lana (percussão) e Walner Casitta (piano). Livre.

Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários. Neste sábado (11), 20h. Grátis.

Elomar

A trajetória do violonista é caprichada: são mais de 300 músicas gravadas em quinze discos. Além do repertório cancioneiro, ele cria obras para instrumentos sinfônicos, música de câmera, operística e de concerto. O artista tem um importante trabalho de valorização da ópera do Brasil - ele mesmo já compôs algumas peças. A apresentação baseia-se no livro Elomar: Cancioneiro, que compreende 49 partituras. 8 anos.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1360. → Sexta (17) e sábado (18), 20h. R$ 70,00. www.teatrobradescobh.com.br. IR.

Matheus Rodrigues Septeto

Mateus Espinha (bateria), Delson Guimarães (guitarra e baixo), Rodrigo Salvador (rabeca), Jonatha Max (trombone), Leo Barreto (sax) e Tiago Ramos (sax), além do músico que dá nome ao grupo, lançam o disco Do Baião a Piazzola. O trabalho caracteriza-se por uma mistura de influências e ritmos, utilizando-se de rabeca, guitarra, vocais, baixo, bateria e metais. Resulta num cardápio musical variado, com ingredientes de jazz, maracatu, drum'n'bass, rock'n'roll e tango. 18 anos.

Cine Theatro Brasil Vallourec (200 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3201-5211. → Quinta (16), 20h30. R$ 20,00. Bilheteria: 11h às 21h (seg. a sáb.); 10h às 19h (dom.).

Mimo

Depois de passar por Ouro Preto e Olinda, um dos mais importantes festivais de música instrumental aterrisa, pela primeira vez, em Tiradentes. O mosaico musical formado pelas atrações é bastante expressivo e engloba da música clássica ao jazz, sem se esquecer da world music, das sonoridades africanas e do que mais ressoar de forma impactante e criativa mundo afora. Na sexta (17), a dupla Hans-Joachim Roedelius e Christopher Chaplin (sim, ele é filho de Charles Chaplin) promovem o encontro de um pianista com a música eletrônica. No sábado (18), o pianista João Donato apresenta o projeto Donato Elétrico, com membros do grupo Bixiga 70. A programação conta ainda com performances da organista e cravista Elisa Freixo, do Duo Milewski (formado pelo violinista polonês Jerzy Milewsky e pela pianista brasileira Aleida Schweitzer), do violeiro Chico Lobo, tocando com o clarinetista Paulo Sérgio Santos e com o violoncelista Márcio Malard, e do Trio Puelli, dedicado ao repertório contemporâneo de música clássica. Uma mostra de cinema também faz parte do evento. Livre.

Vários endereços em Tiradentes, a 190 quilômetros da capital. De sexta (17) a domingo (19). Veja a programação completa.

Nathy Faria

Ao lado dos músicos Richard Neves (teclado) e Rafael Eloi (baixo), a cantora interpreta canções autorais de seu trabalho mais recente, Saindo do Lugar, além de versões de composições da black music que a influenciam. Aretha Franklin, Nina Simone, Lauryn Hill, Erykah Badu são algumas dessas influências. Livre.

Café do Palácio das Artes. Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3222-5657. Quarta (15), 19h30. Grátis. www.fcs.mg.gov.br.

Rafael Dutra

Experimentações sonoras servem de alimento a este compositor, que também é autor de trilhas para cinema, rádio e teatro. Ele lança Oásis de Vidro, seu primeiro disco. O trabalho abrange ritmos variados, como maracatu, rock, samba e groove, entre outros. Livre.

Teatro de Bolso Júlio Mackenzie do Sesc Palladium (76 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3270-8100. → Neste sábado (11), 21h. R$ 20,00.

CONCERTOS

Conexões Musicais

Com 55 anos de existência, o Ars Nova-­Coral da UFMG interpreta composições sacras e profanas na primeira parte do programa. Em seguida, o organista Edmundo Hora, professor da Unicamp, apresenta a obra Toccata et Allegro em Dó Maior, de autor desconhecido. Livre.

Conservatório UFMG (220 pessoas). Avenida Afonso Pena, 1534, Centro, ☎ 3409-8347. Quinta (16), 20h. Grátis. www.ufmg.br/conservatorio.

Coro Feminino do Coral Lírico de Minas Gerais

Canções dos períodos romântico e contemporâneo da música coral formam um mosaico de representações distintas da figura feminina. A escolha do conjunto musical foi por temas que desvelem histórias de amor, culto à natureza, feitiço e sedução. Além de audições inéditas de Samuel Barber, Eric Whitacre e Libby Larsen, o concerto conta com obras de Alberto Nepomuceno, Tom Jobim e Vinícius de Moraes. A regência é do maestro Lincoln Andrade. Livre.

Museu Inimá de Paula. Rua da Bahia, 1201, Centro, ☎ 3213-4320. Quinta (16), 20h. Grátis.

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e Giramundo

Neste domingo (12) acontece a última apresentação da dobradinha do conjunto sinfônico com o grupo de teatro de bonecos. Juntos, eles interpretam a obra Pedro e o Lobo, do russo Sergei Prokofiev (1891-1953), que conta a história de um menino que desobedece ao avô e foge para a floresta na companhia de um pato, um gato e um passarinho. Lá, ele encontra um lobo e tem de se livrar de enrascadas. A peça resulta em uma verdadeira aula de apresentação de uma grande orquestra, ao revelar seus timbres e naipes de instrumentos. Livre.

Grande Teatro do Sesc Palladium (1 321 lugares). Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro, ☎ 3270-8100. → Até este domingo (12), 16h e 19h. R$ 10,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC. www.sescmg.com.br.

Quinteto de Metais

Four Sketches for Brass Quintet, de Anthony Plog, Quinteto de Metais Nº 1, de Victor Ewald, e o arranjo do trompista Bill Holcombe Jr. para a Suíte de Música Aquática, de Haendel, integram o repertório da apresentação. O grupo de câmara é formado pelos músicos Marlon Humphreys (trompete), Érico Fonseca (trompete), Evgueni Gerassimov (trompa), Mark John Mulley (trombone) e Eleilton Cruz (tuba), todos membros da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Livre.

Memorial Minas Gerais Vale. Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários (esquina com a Rua Gonçalves Dias), ☎ 3308-4000. Quinta (16), 19h e 20h30. Grátis.

Rigoletto

+ Ópera Rigoletto será encenada no Palácio das Artes

Grande Teatro - Palácio das Artes (1 705 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Sábado (18), 21h, domingo (19), 19h, e também nos dias 21, 25, 26 e 29. R$ 50,00 a R$ 90,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom.). Cc: M e V. Cd: M, V e IC. www.fcs.mg.gov.br.

Segunda Musical

Dedicado ao Dia das Crianças, o concerto recebe jovens talentos, como os pianistas Victória Paulino, Jennifer Pereira e Jordan Pereira, o violoncelista Miguel Rabelo e a Orquestra e Coro do Sesc. Livre.

Teatro da Assembleia (145 lugares). Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho, ☎ 2108-7827. Segunda (13), 20h. R$ 1,00.

Semana da Música de Ouro Branco

O festival promovido pela Casa de Música completa dez anos e acontece até quinta (16). Além de concertos e recitais, também são oferecidas oficinas. Na segunda (13), os pianistas Viviane Taliberti, Ignácio González, Karen Villegas e Macarena Valladares interpretam temas de Mozart, Rachmaninoff e Schumann. No encerramento, a Orquestra de Câmara apresenta um programa que inclui o Concerto para Violoncelo em Sol Menor, de Georg Matthias Monn, e a Serenata para Cordas, de Antonín Dvorák. Livre.

Vários endereços em Ouro Branco, a 100 quilômetros da capital. Até quinta (16), 21h. Grátis. www.semanadamusica.com.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE