Shows

Programação de shows para os dias 06 a 12 de outubro

Por: Rafael Rocha - Atualizado em

Cila Puccini
(Foto: Redação VejaBH)

Esdra Neném Ferreira: na quarta (10) o requisitado baterista lança o DVD Coração Tambor em show no Museu Inimá de Paula

BERNARDO FABRIS QUINTETO. O saxofonista lança seu primeiro disco-solo, intitulado Quinteto. O repertório é autoral e incorpora referências da música popular, propondo diálogo com o samba, a bossa nova e o baião. Os músicos Gustavo Figueiredo (teclado), Thiago Nunes (guitarra), Yan Vasconcellos (baixo acústico) e Hudson Vaz (bateria) acompanham o artista. O show faz parte do projeto Quarta Jazz do Sesc Palladium. Livre. Sesc Palladium — Sala Júlio Mackenzie. Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5355. Nesta quarta (10), 20h. Bilheteria: terça a domingo, das 9h às 21h. Cc: M e V. Cd: M e V. www.sescmg.com.br.

BIG BAND PALÁCIO DAS ARTES. A cidade de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, recebe apresentação do grupo musical criado pela Fundação Clóvis Salgado. No repertório estão canções como Come Together, de John Lennon e Paul McCartney, Oye Como Va, de Carlos Santana, e Mas que Nada, de Jorge Ben Jor. O grupo participou recentemente de uma residência artística, dentro da programação do Savassi Festival 2012, com o premiado maestro canadense Darcy James Argue. Há cinco anos, o projeto estimula a criação, pesquisa e profissionalização de jovens talentos neste gênero musical. A iniciativa é da Secretaria de Estado de Cultura. Livre. Clube Sesi Betim. Rodovia Fernão Dias (BR-381), km 436, s/nº, bairro Sítio Olhos d'Água, Betim. Neste sábado (06), 19h. Grátis. www.fcs.mg.gov.br.

CAFÉ COM MÚSICA. Segunda edição do mais novo projeto musical da cidade, que ocorre no café do Palácio das Artes sempre às quartas-feiras. A promoção é da Fundação Clóvis Salgado e do BDMG Cultural. Apresentam-se Mariana Nunes e o excepcional violonista Thiago Delegado. A intenção é mesclar novos e consagrados nomes do cenário musical. A dupla promete canções como Homenagem ao Malandro, de Chico Buarque, Estação Primeira, de Tom Jobim, e Coração Vulgar, de Paulinho da Viola. Livre. Café do Palácio das Artes. Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Quarta (10), 19h. Grátis. www.bdmgcultural.mg.gov.br.

CAFÉ PINGADO. Apresentando-se pelo projeto Pizindin - Choro no Palco, o quarteto presta homenagem ao bandolinista Hamilton de Hollanda. Há dois anos, o grupo formado por Pablo Dias (cavaquinho), Lucas Telles (violão), Daniel Guedes (percussão) e Leo Eymard (violão) se apresenta em casas de shows da capital com interpretações próprias de grandes compositores como Hermeto Paschoal, Edu Lobo e Milton Nascimento. 18 anos. Conservatório UFMG (220 lugares). Avenida Afonso Pena, 1534, Centro, ☎ 3409-8300. Segunda (8), 20h. R$ 12,00. Bilheteria: 14h/17h.

CAPITAL INICIAL. Com quase trinta anos de carreira e doze discos lançados, a banda formada em Brasília apresenta o show que foi considerado o melhor durante o Rock in Rio 2011. Liderado por Dinho Ouro Preto, o conjunto exibe no repertório clássicos como Independência, Natasha, Primeiros Erros, Música Urbana, Fátima, Fogo e Que País É Esse?. Novas canções do disco recém-lançado, Das Kapital, também serão apresentadas. 16 anos. Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Neste sábado (6), 22h. R$ 80,00 a R$ 120,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

DIVINA FOLIA. Há dez anos arrastando multidões para curtir o Carnaval fora de época, o evento já trouxe várias bandas e cantores de renome do cenário musical. Esta edição conta com número maior de atrações e espaço mais amplo. Durante as três noite sobem ao palco Jorge & Mateus, Tomate, Jammil, Cheiro de Amor, Psirico, Rodrigo Bergall, Ricardo & João Fernando, Oba Oba Samba House, Sambô e Virô Samba. 18 anos. Parque de Exposições. Estância Marisa, BR-494, Divinópolis. Quinta (11) a sábado (13), 20h. R$ 240,00 a R$ 750,00. Ingressos à venda na central de eventos: www.centraldoseventos.com.br. Cc: todos. Cd: todos.

DOMINGO NO MUSEU. Henrique Cazes (cavaquinho e violão tenor) e Marcello Gonçalves (violão de sete cordas) fazem show que exalta os grandes chorões Pixinguinha e Garoto. Trazem ainda clássicos de Anacleto de Medeiros e Cartola. Acostumado ao repertório (já gravaram os discos Pixinguinha de Bolso e Vamos Acabar com o Baile), o duo dá vida a uma animada roda de choro. Livre. Museu de Arte da Pampulha (400 lugares). Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16585, Pampulha, ☎ 3277-7996. Neste domingo (7), 11h. R$ 10,00. Ingressos à venda na loja Acústica CDs (Rua Fernandes Tourinho, 300, Savassi) e na bilheteria do museu (aberta somente duas horas antes da apresentação).

ELEGIA AO VIOLÃO. O espetáculo consiste numa apresentação-solo de violão clássico com interpretação de obras de Scarlatti, Bach, Legnani, Tárrega e Britten. No centro do palco as atenções voltam-se para o violonista Ricardo Marçal, que é bacharel em música pela UFMG. Também pesquisador, ele encontra-se em fase de elaboração de pesquisa sobre o repertório de música de câmara com violão do início do século XIX, em parceria com o historiador Gerson Castro. Livre. Centro Cultural Padre Eustáquio. Rua Jacutinga, 821, Padre Eustáquio, ☎ 3277-8394. Quinta (11), 20h. Grátis.

ESDRA NENÉM FERREIRA. Todos o conhecem como Neném. O precioso domínio da bateria é sua melhor carta de apresentação. Com quarenta anos de carreira artística, ele já participou de shows e gravações ao lado grandes de nomes como Toninho Horta, Beto Guedes, Flávio Venturini, Juarez Moreira e Milton Nascimento. O show serve ao lançamento do DVD Coração Tambor, que conta com participações especiais de Toninho Horta e Juarez Moreira. O trabalho é um documentário que mescla bastidores das gravações e um show do artista. Uma entrevista inédita e depoimentos dos diretores musicais do disco (Toninho Horta, Juarez Moreira e Mauro Rodrigues) compõem os extras. O show é a primeira atração do projeto Conexão Vivo Inimá, que será realizado até dezembro com o objetivo de dar visibilidade a talentos brasileiros da música oriundos de Minas Gerais, São Paulo e Bahia. 18 anos. Museu Inimá de Paula. Rua da Bahia, 1201, Centro, ☎ 3213-4320. Quarta (10), 20h. R$ 5,00 a R$ 10,00. www.museuinimadepaula.org.br.

FLO RIDA. Na esteira dos rappers que figuram entre os queridinhos das cantoras pop, Flo Rida tem dado aula de como conquistar as mocinhas e emplacar hits em sequência. Jennifer Lopez, Nicki Minaj e a mexicana Anahí já trabalharam com ele. A parceria com os homens também rende sucesso. Timbaland e David Guetta são prova disso. Frequentemente suas músicas lideram o ranking de mais vendidas do iTunes, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos. O rapper faz show por aqui para lançamento de Wild Ones, seu quarto álbum, como principal atração da festa Super Push!. A fórmula de suas músicas segue caminho parecido com o de outros figurões da indústria americana. Exibido e marrento, ele sempre aparece em clipes com carrões, mansões e belas mulheres. Faz questão de ficar sem camisa, mostrar músculos e tatuagens. Único homem de uma família de sete irmãs, o ex-estudante de relações internacionais coleciona hits empolgantes, como Hangover, Low, Club Can't Handle Me e Where Them Girls At. Os DJs Vitor Sobrinho, Sexistalk, Xeréu, Jahnu e Bruno Reis também participam do evento. 18 anos. Expominas (6 000 pessoas). Avenida Amazonas, 6030, Gameleira, ☎ 3284-3904 e 8889-7835. Neste sábado (6), a partir das 16h. R$ 120,00 a R$ 290,00. Ingressos à venda nas lojas Chilli Beans dos shoppings BH, Diamond, Cidade e Minas ou pelo site www.centraldoseventos.com.br.

FLOR DE ABACATE. O programa Sesc no Parque realiza nove horas consecutivas de programação cultural no Parque Municipal. Entre as apresentações, está a da banda belo-horizontina Flor de Abacate. Há 23 anos no cenário musical de Minas, o quarteto instrumental com ênfase no choro já lançou três discos e prepara-se para gravar o quarto ainda neste ano. Do repertório constam arranjos de composições próprias e de conhecidos nomes, como Pixinguinha, Villa-Lobos e Tom Jobim. Livre. Parque Municipal Américo Renné Giannetti. Avenida Afonso Pena, s/nº, Centro, ☎ 3277-4161. Domingo (14), 9h às 18h. Grátis.

MIRANDA KASSIN. Conhecida em São Paulo por fazer tributos à cantora Amy Winehouse, sobe ao palco acompanhada de sua banda No, no, no's. Interpretações de Etta James, Sharon Jones e The Supremes também aparecem. O DJ Thiagão encerra a noite. 18 anos. Granfinos (800 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Sexta (5), 22h. R$ 30,00 a R$ 40,00. Cd: M e V. Bilheteria: 14h às 19h (seg. a sex.). Lista amiga no site www.granfinos.com.br.

PELOS. Olho do Mundo é o nome do EP que o grupo formado em 1999 lança neste show. O trabalho tem produção de Fabrício Galvani e conta com três canções. A banda é composta por três guitarras, três vozes, teclado, baixo e bateria. Participações especiais são constantes, como naipe de metais (faixa Em Poucas Palavras), marimba e coro infantil (A Bossa). 18 anos. Teatro Marília (179 lugares). Avenida Alfredo Balena, 586, Santa Efigênia, ☎ 3277-6319. Quinta (11), 21h. R$ 15,00. Bilheteria: a partir das 9h.

QUASE COADJUVANTE. A banda faz show de lançamento do disco Cartas para a Próxima Estação, produzido por Fabrício Galvani. Trata-se de um resumo das influências que movem o quarteto, alimentadas por distorções, microfonias e melodias vocais suaves. O álbum possui dez canções que falam de desilusões, vícios e ansiedades de personagens em constante adaptação. Canções do EP de estreia intitulado Tributo ao que Ainda Está por Vir também serão apresentadas. 18 anos. Sesc Palladium — Sala Júlio Mackenzie. Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5355. Neste sábado (6), 20h. Bilheteria: terça a domingo, das 9h às 21h. Cc: M e V. Cd: M e V. www.sescmg.com.br.

RENEGADO. O rapper do elogiado disco Do Oiapoque a Nova York divide o palco com o coletivo Família de Rua, grupo de hip-hop responsável pelo duelo de MC's realizado embaixo do viaduto Santa Tereza. O show comemora o lançamento do vinil Minha Tribo é o Mundo. Também participam da noite o grupo 9ORA e o conjunto de hip-hop Das Quebradas. A discotecagem fica por conta do DJ Cubanito e Zeloty. Studio Bar (500 pessoas). Rua Guajajaras, 842, Centro, ☎ 3047-1020. Quinta (11), 22h. R$ 30,00 a R$ 40,00. Ingressos à venda somente em dinheiro nas lojas Entre Folhas, Ponto do Açaí e Chilli Beans. www.studiobar.com.br.

SNOW PATROL. Leia em Veja BH Recomenda. 16 anos. Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Quinta (11), 21h. R$ 200,00 a R$ 240,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

STUDIO ZERO. A banda foi fundada em meados de 2004, na periferia de Belo Horizonte, com a proposta de desenvolver uma sonoridade influenciada pelo pop rock nacional dos anos 80 e 90. O show integra o projeto chamado O Coletivo, voltado para divulgação de bandas independentes e dedicado a fomentar a produtividade musical na cidade. Livre. Palácio das Artes — Sala Juvenal Dias (176 pessoas). Avenida Afonso Pena 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Domingo (14), 17h. R$ 10,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Ingressos também podem ser adquiridos nos quiosques Americanas.com Blockbuster. Cc: V e M. Cd: V e M. IC. www.fcs.mg.gov.br.

THIAGUINHO. Famoso por participar do extinto reality show Fama e ex-integrante da banda de pagode Exaltasamba, o cantor faz seu primeiro show de sua fase-solo na capital. Em lançamento do CD e DVD Ousadia e Alegria, Thiaguinho relembra também sucessos como Valeu, Fui e Livre pra Voar. Apresentam-se também o grupo Jeito Moleque e o funkeiro Naldo. 16 anos. Espaço Folia (8 000 pessoas). Rua Gabriela Melo, s/nº, Olhos d'Água, ☎ 3284-7447. Neste sábado (6), a partir das 16h. R$ 120,00 a R$ 220,00. Ingressos à venda no estande da Folia no Shopping Cidade e pela internet no site www.blueticket.com.br.

TRIO AMADEUS. O popular e o erudito convivem harmoniosamente nas apresentações do grupo. A harpista e cantora lírica Marcelle Chagas e o violonista e cantor popular Fábio Lopes costumam convidar um terceiro músico a cada apresentação para formar o trio. Pode ser um violinista, flautista, guitarrista, ou um percussionista. Nesta apresentação, o convidado é o violinista Rafael Marcenes. Além de músicas próprias, eles apresentam composições eruditas e também músicas brasileiras de compositores como Tom Jobim e Chico Buarque. A atraente presença da harpa contribui para apresentação de trechos dos musicais O Fantasma da Ópera, Cats e O Mágico de Oz. Livre. Museu de Artes e Ofícios (300 pessoas). Praça Rui Barbosa (Praça da Estação), s/ nº, Centro, ☎ 3248-8600. Terça (9), 19h30. Grátis. www.mao.org.br.

VERÔNICA SABINO. Filha do escritor mineiro Fernando Sabino, a cantora homenageia o pai e Aloysio de Oliveira, um dos grandes nomes da música brasileira. Oliveira foi criador da gravadora Elenco, por onde passaram nomes como Nara Leão, Maysa e Vinicius de Morais. O repertório é inspirado nas músicas dos anos 70 com interpretações de canções dos artistas que passaram pela gravadora do homenageado. A cantora vem acompanhada pelos músicos Marcos Suzzano, André Gonçalves e Sérgio Chaivazzoli. Com a turnê batizada de Bossa, Balanço e Balada, a artista pretende seguir os passos de Geraldo Viramundo, personagem central do livro O Grande Mentecapto, de autoria de seu pai famoso. Assim, a intenção é se apresentar pelas cidades de Belo Horizonte, Nova Lima, Juiz de Fora, Ouro Preto, Araxá, Cataguases e Uberaba, conforme a saga do romance. Livre. Casa da Ópera. Rua Brigadeiro Musqueira, s/nº, Centro, Ouro Preto. Quarta (10) e sexta (12), 21h. Grátis.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE